Carvão ativado tem perfil sustentável
Edição Nº 75 - Julho/Agosto de 2015 - Ano XIV
Esta notícia já foi visualizada 1725 vezes.


Carvão ativado tem perfil sustentável



por Cristiane Rubim
Escolher o carvão ativado mais apropriado para a aplicação depende muito do tipo de produto a ser tratado e da situação de operação do processo. Uma das suas vantagens é o baixo custo-benefício comparado a outros métodos de purificação. Por isso, os fabricantes vêm apostando suas fichas no perfil sustentável que o carvão ativado apresenta nestes tempos de busca de novos recursos para enfrentar a escassez de água.  


Mais utilizados
Os carvões ativados são materiais carbonáceos e inertes que têm grande área superficial. Devido à alta porosidade do material, possui a capacidade de adsorção, processo que elimina as moléculas causadoras de gosto, odor e cor indesejáveis e remove substâncias orgânicas dissolvidas que ficam ligadas à superfície dos poros do carvão. O carvão ativado atende aplicações na indústria química, alimentícia, automotiva, petroquímica, mineração, farmacêutica, processos de purificação em geral, cloro residual e no tratamento de água e efluentes líquidos e gasosos, entre outros. Com o desenvolvimento industrial, há aumento das quantidades e variedades de componentes químicos presentes na água. Muitas espécies de orgânicos e inorgânicos têm sido identificadas, como trihalometanos (THM) e químicos orgânicos sintéticos. “Os tratamentos convencionais de água já não são tão eficientes e até ineficazes na retenção de alguns destes compostos”, adverte Dirce Maria Golin, gerente técnica e comercial da Carbomafra.


Tipos de carvões ativados mais usados hoje
Granulados – Aplicados em sistemas de leito fixo para decloração, tratamento de água, clarificação de xarope de açúcar, recuperação de solventes, purificação de ácido cítrico, glicerina, glicose, entre outras. A Calgon Carbon criou o CAG a partir da reaglomeração do carvão betuminoso nos anos 1940. No tratamento de efluentes líquidos industriais, para extrair contaminantes deletérios ou inconvenientes resistentes aos tratamentos biológicos. Usado também em fase final de processo biológico em colunas de leito fixo, na fase de polimento, removendo cor ou componentes específicos. Tamanho de partículas: entre 3 mm e 0.1 mm. 








Pulverizados (em pó) – Também amplamente utilizados no Brasil, com aplicação principal em sistemas de tratamento de água, para remoção de gosto e odor em águas po ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade