Veículos híbridos e os sistemas de filtragem utilizados
Edição Nº 75 - Julho/Agosto de 2015 - Ano XIV
Esta notícia já foi visualizada 1624 vezes.
Matéria patrocinada por:


Veículos híbridos e os sistemas de filtragem utilizados



por Carla Legner


Um veículo é considerado híbrido quando ele combina duas ou mais fontes de energia que possam proporcionar potência de propulsão, direta ou indiretamente. Embora esse tipo de veículo polua menos do que os automóveis somente com motor a combustão, seus custos são altos se comparados à diferença de emissão de poluentes.
De acordo com Ronilso Toledo, supervisor da assistência técnica da Sogefi Filtration apesar de ainda existir algumas restrições financeiras, o segmento de veículos híbridos está sendo amplamente estudado por todas as montadoras, principalmente por causa das leis ambientais e de controle de emissões de poluentes cada vez mais rígidas. 
“Pode-se dizer que é uma tendência, porém no Brasil ainda é algo distante, ainda é uma tecnologia cara e por se tratar de veículos importados a carga tributária é alta. Existem negociações em âmbito federal e estadual para que haja incentivos e redução de encargos para este segmento, a fim de incentivar a sua comercialização”, completa Ronilso.
A maior parte dos veículos híbridos que existem são dotados de um motor a combustão interna e um motor elétrico. O primeiro funciona da mesma forma que os que já existem em todos os outros veículos convencionais, porém, por haver uma exigência menos de torque e potência, são mais leves e eficientes e desta forma acabam se tornando menos poluentes. 
O representante da Sogefi explica que a manutenção necessária neste motor é semelhante à que já é aplicada aos outros motores, sendo necessária periodicamente a substituição de filtros de óleo, ar e combustível. Ainda é aplicável, como em veículos convencionais, o filtro de cabine (ar condicionado).
O que existe de específico para este segmento é o motor elétrico, que dependendo do projeto pode ser ligado em série com o motor a combustão interna ou em paralelo. Além dele proporcionar potência de propulsão, também é dotado de recursos que podem gerar energia em algumas ocasiões, como por exemplo, quando há uma frenagem ou redução da velocidade.

Como funcionam
Um automóvel híbrido elétrico é um veículo que possui um motor de combustão interna, normalmente a gasolina, e um motor elétrico que permite reduzir o esforço do motor de combustão e assim reduzir os consumos e emissões. “Como exemplo, tem-s ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade