Auxiliares filtrantes: além da purificação
Edição Nº 77 - Novembro/Dezembro de 2015 - Ano XIV
Esta notícia já foi visualizada 7806 vezes.


Auxiliares filtrantes: além da purificação



Suzana Sakai

Utilizados no mundo inteiro, os auxiliares filtrantes possuem um dos papéis mais importantes nos processos de filtração de bebidas e alimentos.  Sua função vai além da eliminação de impurezas e partículas turvadoras. Isso porque, a escolha, característica, origem, homogeneidade e forma de emprego dos auxiliares filtrantes impactam grandemente nos resultados de filtração, não somente em termos de qualidade do filtrado como em produtividade do processo, melhorando aspectos como viscosidade e brilho do produto.
Os auxiliares filtrantes - também conhecidos como meios filtrantes – são um grupo de substâncias em forma de pó classificadas de acordo com a sua origem. Eles podem ser de vários tipos, com finalidades similares e desempenhos específicos. “Os filtrantes são utilizados em todos os processos industriais na separação de sólidos de um líquido. Sua atuação é um processo físico”, explica o representante da Direct Line, João Carlos Alberti.
No decorrer do processo de preparo dos filtros, os auxiliares filtrantes são depositados sobre o equipamento, durante o procedimento do preparo da pré-camada, bloqueando a passagem de substâncias insolúveis pelos efeitos de filtração por superfície e por profundidade.
Um dos exemplos de auxiliares filtrantes mais utilizados são as diatomitas ou terras diatomáceas, que são esqueletos de algas e animais microscópicos fossilizados a milhões de anos com mais de 5000 formas, que pelo processo industrial de alta tecnologia, mantém-se intacta a forma geológica original tornando-se um dos produtos mais usados no mundo para processos filtrantes.
A perlita é outro tipo de auxiliar filtrante bastante conhecido. Esta substância origina-se da lava vulcânica expandida, que após classificada, apresenta propriedades singulares para processos de filtração, em que se exige baixíssima densidade.
Outro exemplo é a celulose filtrante, substância originaria da celulose vegetal purificada, que pelo aspecto fibroso e de comprimentos variados, apresenta alta capacidade no auxílio à filtração e muitas vezes quando usada em consórcio com os exemplos anteriores, confere importantes vantagens processuais. “Em todos os exemplos, podemos dizer que os meios filtrantes possuem características especiais, que permitem os processos de filtração por pré-camada. Eles destacam-se como excelentes alternativa ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade