Cenário conturbado, boas oportunidades
Edição Nº 78 - Janeiro/Fevereiro de 2016 - Ano XIV
Esta notícia já foi visualizada 1763 vezes.


Cenário conturbado, boas oportunidades



por Suzana Sakai
Crise é uma das melhores palavras para definir o ano de 2015 para o Brasil. O país se deparou com conjunturas conturbadas na economia, na política e até mesmo nos recursos hídricos. Apesar do cenário desanimador e de retração, as empresas do segmento de filtros apostam em boas perspectivas para o próximo ano. O otimismo não se deve a nenhum incentivo do governo ou manobra de mercado, mas sim a uma característica que é eminente em grandes instituições: a capacidade de transformar a crise em oportunidade. 
“Este ano foi desafiador, não apenas para o mercado de filtros, mas também para grande parte de todos os segmentos de mercado. Atravessamos um ano de recessão, crise política, aumento do desemprego e grandes incertezas com relação aos investimentos na indústria brasileira. Apesar do cenário conturbado, tivemos um ano bastante positivo, dado nossa forma de trabalhar, sempre ‘explorando’ novos horizontes e formando parcerias estreitas e de longo prazo com nossos clientes”, afirma Marcelo Prado, da 3M Purification do Brasil. 





Na opinião de Manuella Curti de Souza, diretora geral do Grupo Europa, o mercado de filtros e purificadores possui um grande potencial de crescimento no Brasil e no mundo, uma vez que a água é e continuará sendo item fundamental à vida. “No Brasil, ainda existe boa parte da população que consome água direto da torneira, ou água mineral, o que corrobora o potencial de crescimento no setor de tratamento de água residencial. Apesar do Brasil, no ano de 2015, ter sido afetado drasticamente por crises política, econômica e moral, enxergamos boas oportunidades no setor de água no país. Aproveitamos este ano para melhorar nossa eficiência e abrir novos canais, pois acreditamos que é em cenários como este que devemos usar a criatividade e fazer diferente”, explica a executiva. 


O mercado em 2015
A desaceleração da economia em 2015, bem como a alta do desemprego, redução significativa dos investimentos e disparo do dólar desencadearam em uma redução significativa de produção no mercado brasileiro. “Como nossos produtos são insumos produtivos, na teoria, quanto menos nossos clientes produzem, menos vendemos filtros para eles. Nossa saída e nossa maior expertise é sempre olhar para novas oportunidades de negócios e desenvolver soluções para manter nossa empresa em cons ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade