Mercado
Edição Nº 79 - Março/Abril de 2016 - Ano XIV
Esta notícia já foi visualizada 1003 vezes.


Mercado



GE Oil & Gas ultrapassa US$ 700 milhões em acordos inovadores
Os novos acordos integram vários elementos da diversa gama de produtos e serviços da GE, incluindo soluções digitais, que atendem às necessidades em transformação de sua base global de clientes.O conjunto de acordos anunciados durante o 17º Encontro Anual da GE Oil & Gas e clientes, refletem a capacidade da GE Oil & Gas em atender às necessidades dos clientes e as exigências de um mercado desafiador. Por meio do relacionamento com esses clientes, a GE Oil & Gas está fornecendo soluções abrangentes para resolver alguns dos problemas mais complexos enfrentados pelo setor. A necessidade de inovar constantemente, em resposta às necessidades da indústria atual, é um dos principais temas de discussão entre os clientes da GE Oil & Gas durante o evento, que acontece até o fim desta semana.“Estamos orgulhosos deste forte início de 2016, refletindo o crescente aumento da demanda por nossa linha global de soluções fullstream e soluções digitais, ambas sem paralelo no mercado”, disse o presidente e CEO da GE Oil & Gas, Lorenzo Simonelli. “Isso mostra que a inovação e a flexibilidade, construídas com sólidas parcerias, conhecimentos avançados e tecnologia, continuam a ter impacto no setor de petróleo e gás. Nossos clientes estão procurando a GE para ter acesso aos melhores talentos e máquinas para otimizar suas tecnologias e operações, desde a cabeça de poço até a refinaria”, detalha.Na atual situação de extrema volatilidade do preço do petróleo, reforçar a eficiência dos ativos existentes, otimizando a sua utilização e maximizando a produtividade são fundamentais para a América Latina. As tecnologias da GE estão alinhadas com a visão de desenvolvimento dos governos para acelerar a eficiência do setor energético, atender à crescente demanda doméstica e apoiar a indústria de energia.Também no Peru, a empresa fechou um contrato de 13 anos de prestação de serviços e manutenção para a primeira fábrica na América do Sul para a produção de gás natural liquefeito (GNL).





Sindipeças atualizou as previsões de desempenho do setor para 2016
O Sindipeças atualizou as previsões de desempenho do setor para este ano e t ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade