Filtração nominal x filtração absoluta
Edição Nº 79 - Março/Abril de 2016 - Ano XIV
Esta notícia já foi visualizada 1306 vezes.


Filtração nominal x filtração absoluta



por Anderson V. da Silva

O range de valores determinados pelos sistemas de filtragem são definidos considerando-se a capacidade de retenção de partículas em suspensão de um determinado tamanho. Diversos tipos de testes podem ser aplicados para determinação destes valores, porém o mais comumente aplicado é a contagem de partículas, onde considera-se uma quantidade de partículas antes da filtragem e uma contagem de partículas de mesmo tamanho após a filtração, teste como Gas Flow Test e Bubble Point também são utilizados para este fim.

Filtração nominal

A filtração nominal é considerada por um valor, geralmente expresso em micra (µm) que determinam a capacidade do tamanho da partícula a ser retida por aquele filtro, estes valores são definidos pelos fabricantes dos sistemas de filtragem ou pelos fabricantes dos meios filtrantes, já o range de performance é bem abrangente podendo variar de 90% até 98% de eficiência para a determinada dimensão de partícula informada. A filtração nominal permite que por exemplo um filtro que tenha sido considerado 10 µm, cerca de 20 a 40% de partículas acima de 10 micra possam passar pelo filtro, já para a filtração absoluta isto não é permitido.

Filtração Absoluta

Já em um filtro absoluto, o valor expresso em micra refere-se ao diâmetro da maior partícula permitida a passar pelo meio filtrante em condições específicas de teste. Independentemente do fabricante, a especificação absoluta garante a mesma eficiência filtrante do meio filtrante retendo a grande maioria das partículas iguais ou maiores que o especificado. Por exemplo, um filtro de 10 micra absoluto reterá as partículas iguais ou maiores que 10 micra. Geralmente os filtros absolutos podem possuir um grau Beta de eficiência que determina a capacidade de retenção para determinado tamanho de partícula. Seu grau de eficiência varia de 99% a 99,99% de eficiência, apesar da tabela de grau beta ser determinada a partir de 50% de eficiência ou Beta 2.

Fator Beta

O coeficiente Beta é determinado por testes que estabelecem a relação entre o número de partículas na entrada do filtr ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade