Soluções para limpeza do diesel
Edição Nº 82 - Setembro/Outubro de 2016 - Ano XV
Esta notícia já foi visualizada 837 vezes.


Soluções para limpeza do diesel



por Anderson V. da Silva

O diesel é um dos combustíveis mais poluentes que existe. Nos meios de transporte sua utilização tem prós e contras. Contra temos a alta concentração de dióxido de enxofre, e a favor temos uma maior autonomia. Esta autonomia é um dos motivos que faz do diesel o combustível mais utilizado em veículos pesados como caminhões e ônibus. Desde 1970, o diesel não é permitido para veículos leves, por sua potencialidade como poluente. Mudanças foram feitas pelas legislações ambientais como: a Euro 5 ou Proconve P7, a obrigatoriedade de utilização do Arla 32 e opções de combustíveis mais ecológicos como o Biodiesel. Em março deste ano foi sancionada a lei que obriga nos próximos três anos a adição de um ponto percentual de biodiesel ao óleo diesel, passando de 7% para 8% a partir de março de 2017. Este índice deverá aumentar 1% a cada ano até atingir em 2019 os 10%. Com estas medidas conseguirão reduzir e assim popularizar mais a utilização do combustível  em diversos meios de transporte.
Desde sua idealização, por Rudolf Diesel em 1892, os motores a diesel têm o objetivo de proporcionar uma alta eficiência energética, mas é constantemente ameaçado pelas más condições dos fluidos envolvidos em seu funcionamento; da pureza do ar para a queima, passando pelo óleo do motor e chegando até ao óleo combustível.  Estas más condições já levariam por si só ao desgaste prematuro das bombas e bicos injetores, além do acúmulo de resíduos ao longo de todo o motor e locais de armazenamento como tanques e sistemas de transporte. Estas más condições também podem proporcionar ao sistema de injeção, oxidação prematura, corrosão, perda de potência, formação de algas, afetar a lubricidade do diesel e também afetar diretamente a pressão do sistema. Consequentemente a manutenção aumentará e os custos também.
Os combustíveis diesel e biodiesel podem sair de uma refinaria limpos e isentos de contaminantes como; contaminação biológica, particulado ou água, mas a qualidade do combustível pode variar no momento em que é entregue às distribuidoras e principalmente ao usuário final, devido a contaminação acumulada durante o transporte e armazenamento. As montadoras e fabricantes de motores apontam que a maioria dos problemas dos motores são ocasionados devido à sujidade ou água presente no combustível. Como os motores diesel s ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade