A parceria entre filtros e sistemas de climatização é essencial
Edição Nº 85 - Março/Abril de 2017 - Ano XV
Esta notícia já foi visualizada 2970 vezes.


A parceria entre filtros e sistemas de climatização é essencial



por Cristiane Rubim


Quem nunca reclamou que o ar condicionado não está funcionando direito ou que sente cheiro de pó saindo dele? Pois é, tudo isso tem uma explicação bem simples dada pelos especialistas. A falta de manutenção. Não precisa nem ser especialista para pelo menos desconfiar que se o sistema de climatização não vai bem, algo está errado e a manutenção deve ser feita. Mas as pessoas preferem reclamar do que agir. E essa falta de consciência pode acarretar problemas no ambiente, seja em edifício ou em um carro, e também à saúde delas. Por que em pleno século 21 não damos a atenção devida ao problema, se sai mais barato manter do que arrumar os sistemas de filtragem e de HVAC? 
A tecnologia HVAC ou AVAC são siglas que se referem às funções de aquecimento, ventilação e ar condicionado de um ambiente, em inglês heating, ventilating and air conditioning. Quando a refrigeração faz parte do conjunto, são utilizadas as siglas HVACR ou AVACR. 

Atuação dos filtros em HVAC
Os filtros de um sistema de HVAC de um edifício e de um carro funcionam de forma muito semelhante. Em ambos, a filtragem retêm as partículas suspensas no ar. Os sistemas de climatização fazem a movimentação do ar nos ambientes internos de edifícios e carros para controlar a temperatura e umidade e remover contaminantes gasosos e material particulado. “Estes contaminantes vêm da geração interna dos ocupantes, das mobílias e revestimentos e dos equipamentos que penetram por infiltração indevida”, ressalta o engenheiro Wili Colozza Hoffmann, consultor da Anthares Soluções em Climatização e Refrigeração. 
Segundo ele, no caso específico para controle da concentração do material particulado (PM), o sistema de climatização deve ser dotado de filtros de ar, que removem o material particulado gerado internamente e impedem que o material particulado do ar externo utilizado para renovação chegue ao ambiente interno. A eficiência dos filtros usados nestes sistemas depende da natureza e da faixa de tamanho do material particulado. “O material particulado PM2,5 é o mais utilizado como referência por ser a parcela que mais afeta os ocupantes”, frisa Hoffmann.
O sistema instalado em um edifício tem mais recursos. “De acordo com o projeto, pode apresenta ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade