Análise técnica para seleção de lavadores úmidos em fontes estacionárias
Edição Nº 86 - Maio/Junho de 2017 - Ano XVI
Esta notícia já foi visualizada 96 vezes.


Análise técnica para seleção de lavadores úmidos em fontes estacionárias



por João Carlos Mucciacito e Taís Miyuki Tsuda
Um lavador úmido é um equipamento de controle de poluição do ar que remove o material particulado e gases ácidos provenientes do gás residual emitido por fontes estacionárias. Esta remoção ocorre por meio da impactação, difusão e/ou interceptação do poluente pela gotícula do líquido. Existem inúmeros tipos de lavadores úmidos que realizam o controle de MP10 e MP2,5. Os sistemas de lavadores úmidos possuem algumas vantagens sobre os precipitadores eletrostáticos e os filtros manga por serem mais compactos, terem dimensões menores, custo de investimento mais baixo e custos de operação e manutenção semelhantes. A principal desvantagem dos lavadores úmidos é que o aumento da eficiência de coleta vem com o custo do aumento da queda de pressão através do sistema de controle (DAVIS, 2000). Outra desvantagem é a limitação para taxas de fluxo do gás residual e temperatura mais baixas que precipitadores eletrostáticos ou filtros manga. Atualmente projetos de lavadores úmidos acomodam taxas de fluxo do ar maiores que 47 m³/s e temperaturas mais altas que 400ºC. Além disso, geram resíduos na forma de lodo o que requer tratamento e/ou disposição. O presente estudo visa identificar os tipos de lavadores úmidos disponíveis para o controle de material particulado, bem como suas respectivas eficiências de coleta.

1 - Lavadores úmidos  
Os lavadores úmidos são dispositivos de controle do MP que dependem do contato direto e irreversível de um líquido (gotículas, espuma ou bolhas) com o MP. O MP carreado pelo líquido é então facilmente coletado da corrente de gás residual. Estes dispositivos podem ser muito especializados e projetados em diversas configurações diferentes. 
São geralmente classificados pelo método utilizado para induzir o contato entre o líquido e o MP, por exemplo, spray, enchimento, pratos. Lavadores também são frequentemente caracterizados por baixa, média ou alta energia, onde a energia é muitas vezes expressa como a queda de pressão no lavador. 
Possuem vantagens importantes quando comparados com outros dispositivos de coleta de MP, por serem capazes de coletar partículas inflamáveis e explosivas com segurança, absorver poluentes gasosos, coletar vapores, além de resfriarem fluxos de gás com temperaturas elevadas. Entretanto, possuem algumas desvantagens: possui potencial de corrosão e congelamento, geração de efluentes e resíduos sólidos. (COOPER; ALLE ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade