Edição Nº 100 - Setembro/Outubro de 2019 - Ano XVIII
326 visualizações
Mercado


Mercado



Vendas de pesados crescem 5,8% na União Europeia
Emplacamentos superam 1,35 milhão de unidades; maior alta é registrada na Alemanha
As vendas de veículos pesados na União Europeia cresceram 5,8% no primeiro semestre ao superar 1,35 milhão de unidades, entre caminhões e ônibus, de acordo com dados divulgados pela Acea, associação das fabricantes no continente europeu.
A Alemanha liderou o crescimento na região com um aumento de 13,9%, seguida pelo Reino Unido (+10,2%), França (+6,9%), Itália (+4,8%) e Espanha (+2,6%).
Entre os segmentos, os modelos leves (de até 3,5 toneladas de PBT) lideram as vendas em termos de volume, com 1,1 milhão de unidades licenciadas na primeira metade do ano, aumento de 3,8% na comparação anual. A Acea considera vans e micro-ônibus neste total.
Nos médios (acima de 3,5 ton e abaixo de 16 ton), os emplacamentos subiram 16,5% ao registrar pouco mais de 228,3 mil unidades, enquanto os pesados (acima de 16 ton) aumentaram seus volumes em 15,6%, para 185,5 mil caminhões. Ônibus médios e pesados somaram 22,1 mil, alta de 9,2%.
Fonte: Automotive Business

 

 

Vendas podem superar expectativas, sugere Anfavea
Após registrar o melhor julho desde 2014, fabricantes esperam por segundo semestre mais aquecido
O melhor resultado mensal de vendas de veículos dos últimos cinco anos no mercado brasileiro, com 243,6 mil emplacamentos em julho, em alta de 9,1% sobre junho e crescimento de 12% ante o mesmo mês de 2018, leva a associação dos fabricantes, a Anfavea, a esperar por um segundo semestre pouco mais aquecido que o previsto inicialmente, que pode superar as expectativas da entidade para 2019 – a projeção oficial é de expansão de 11,4% para o ano todo, com 2,86 milhões de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus licenciados.
Após o melhor julho desde 2014 e o segundo melhor mês do ano, no acumulado dos primeiros sete meses de 2019 os emplacamentos somam 1,55 milhão de unidades, o que revela alta de 12,1% – já pouco acima, portanto, da previsão da Anfavea. Contudo, apenas para continuar sustentando o ritmo de crescimento anual atual de 12%, ligeiramente acima da projeção, é necessário que nos próximos cinco meses a média mensal de vendas seja superior a 270 mil emplacamentos, número que nunca foi alcançado ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade