Edição Nº 100 - Setembro/Outubro de 2019 - Ano XVIII
6095 visualizações
Integração tecnológica avança na geração de água ultrapura


Integração tecnológica avança na geração de água ultrapura



por Cristiane Rubim

 

Nos últimos anos, os requisitos e as exigências de purificação de água, técnicas e aplicações na Ciência e Medicina propiciaram selecionar o grau correto de água e o método mais assertivo diante dos atuais desafios em relação às impurezas e variações na água potável, que tem diversas substâncias em solução ou suspensão e impurezas adicionais.
A água potável pode variar significativamente suas características, dependendo da região geográfica e das estações do ano. “Enquanto os consumidores domésticos consideram a água da torneira como sendo ‘pura’, os cientistas de laboratório e profissionais de saúde olham para ela como estando altamente contaminada.
Os cientistas analíticos e investigadores preocupam-se com os elementos e compostos em concentrações baixas – gamas de partes por bilião (ppb) ou inferiores. Grande parte destes contaminantes podem ter efeitos negativos em aplicações através da interação com outras substâncias, incluindo a substância em análise” – analisa Verena Fernandes, gerente de desenvolvimento de negócios da Veolia.
Existem cinco classes de impurezas na água potável e na água natural:
• Partículas em suspensão;
• Compostos inorgânicos dissolvidos;
• Compostos orgânicos dissolvidos;
• Microrganismos e biomoléculas;
• Gases dissolvidos.
Fonte: Veolia.
“Os métodos de purificação da água para aplicações na área científica e médica retiram as impurezas da água potável, enquanto minimizam a contaminação adicional dos componentes do sistema de purificação e o crescimento bacteriano” – explica Verena. Além disso, proporcionam uma perspectiva geral completa sobre a água, fornecendo detalhes sobre os tipos de impurezas encontradas nela e as tecnologias, design de sistema e componentes necessários para removê-las eficazmente.
A seleção das etapas iniciais de um sistema de purificação dependerá das características da água de alimentação e todo o processo tem início com uma etapa de pré-tratamento.
“As principais tecnologias de purificação de água são esquematizadas e para cada uma são apresentadas as suas vantagens e restrições. Por exemplo, determinadas tecnologias podem remover grandes quantidades de várias impurezas, enquanto outras podem remover um tipo específico de impureza até níveis extremamente baixos” – ressalta ...


AVISO

Para acessar esta matéria na íntegra é necessário estar logado.Clique aqui para realizar o seu cadastro!
Já tem login? clique aqui

Publicidade