Publicidade
MEIO FILTRANTE - CPFL Paulista investe R$2,2 milhões em Ribeirão Preto

Esta notícia já foi visualizada 132 vezes.

CPFL Paulista investe R$2,2 milhões em Ribeirão Preto

Data:2/6/2017

Investimentos reiteram busca da concessionária por melhorias, expansão e manutenção da rede elétrica

A CPFL Paulista, que atende 4,2 milhões de consumidores em 234 municípios do interior paulista, investiu mais de R$2,2 milhões no circuito elétrico de Ribeirão Preto, durante o primeiro trimestre de 2017. Esses aportes tornaram o sistema elétrico mais pujante, seguro e confiável, melhorando o nível de conforto para os 288 mil clientes atendidos pela CPFL Paulista em Ribeirão Preto.

Os investimentos são voltados ao suporte para o crescimento de mercado, adequação de capacidade de subestações e linhas de transmissão, manutenção e expansão de redes.

Para o presidente da CPFL Paulista, Carlos Zamboni Neto, a realização dos investimentos demonstra o compromisso da distribuidora com a excelência em serviços junto aos clientes e na manutenção da confiabilidade de seus sistemas. “As obras realizadas trazem mais qualidade ao sistema elétrico. A continuidade no fornecimento de energia revela o papel da distribuidora em manter uma infraestrutura preparada, para responder às necessidades de crescimento e desenvolvimento da cidade”, afirma Zamboni.

Do total investido pela concessionária no município, mais de R$1 milhão foi para projetos que viabilizam o atendimento ao cliente e o crescimento do mercado, com ampliação da extensão das redes elétricas e a instalação de novos medidores para clientes residenciais, comerciais e industriais. Outros R$410 mil foram destinados à manutenção e melhoria das linhas de distribuição de energia, com foco na rede primária, na substituição de transformadores avariados e instalação de novos equipamentos.

Em 2016, a distribuidora destinou aproximadamente R$25,8 milhões ao sistema elétrico de Ribeirão Preto. Outras cidades próximas também receberam aportes nesse primeiro trimestre: Sertãozinho, com R$940 mil; Bebedouro, com R$305 mil; Jardinópolis, com R$824 mil; Franca, com R$ 987 mil e Jaboticabal, com R$200 mil, entre outras.


Fonte: Canal Energia/www.energia.sp.gov.br

Comentários desta notícia

Publicidade