Publicidade
MEIO FILTRANTE - Duratex reduz em 15% o envio de resíduos de fábricas para aterros

Esta notícia já foi visualizada 153 vezes.

Duratex reduz em 15% o envio de resíduos de fábricas para aterros

Data:8/6/2017

Atualmente, quase 80% dos resíduos gerados na companhia são reciclados, reutilizados ou reaproveitados.

O desafio da indústria não é apenas pensar o que fazer com os resíduos gerados nas produções de suas fábricas, mas também repensar o processo e a escolha do material que será utilizado. Seguindo essa premissa, a Duratex vem agindo fortemente para reduzir os rejeitos gerados em suas 22 fábricas em todo o País. Atualmente, quase 80% deles são reciclados, reutilizados ou reaproveitados.

Na Unidade de Negócio Madeira, em Agudos (SP), a Duratex investiu em uma unidade de compostagem para transformar resíduos em composto orgânico. Esta tecnologia permite que todo o lodo gerado na Estação de Tratamento de Efluentes (ETEs) e as cinzas resultantes do processo de queima de biomassa nas plantas de energia sejam transformadas em matérias-primas para produzir fertilizante orgânico que será utilizado nas áreas florestais da empresa. Em 2016, por exemplo, os resíduos gerados nesta unidade foram transformados em 11 mil toneladas de composto orgânico fertilizante. Visando a divulgação de melhores práticas este projeto está sendo ampliado para a unidade de Uberaba (MG).

Já na Unidade de Negócio Deca, para evitar o descarte de peças de louças com defeito, foi desenvolvido um britador de louças que tritura as peças que não atendem aos critérios de qualidade, possibilitando a reutilização desse material na fabricação de novas louças, ao invés do descarte. A solução gera, ainda, a redução de custos com a compra de nova matéria-prima. Nas fábricas de metais sanitários, a maior parte dos resíduos também é reaproveitada. A parte não utilizada do metal é fundida novamente e o restante gerado no processo é, em sua maioria, destinado externamente para a reciclagem.

Os projetos da Duratex voltados à sustentabilidade foram premiados por sua importância e comprovação de resultados, como no Guia Exame de Sustentabilidade 2016, ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) e Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental.


Fonte: www.revistafatorbrasil.com.br 

Comentários desta notícia

Publicidade