Publicidade
MEIO FILTRANTE - A ecoeficiência dos Nãotecidos para o segmento Médico Hospitalar será apresentada no 13º Congresso SOBECC

Esta notícia já foi visualizada 348 vezes.

A ecoeficiência dos Nãotecidos para o segmento Médico Hospitalar será apresentada no 13º Congresso SOBECC

Data:31/8/2017

A Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) analisa os impactos ambientais potenciais ao longo da vida de um produto ou serviço, desde a extração da matéria-prima até a destinação final

A ABINT (Associação Brasileira das Indústrias de Nãotecidos e Tecidos Técnicos) por meio de seu Comitê Técnico Médico Hospitalar (CTH) vai apresentar os resultados da Avaliação de Ciclo de Vida dos nãotecidos, destinados ao mercado Médico Hospitalar, no 13º Congresso SOBECC - Congresso Brasileiro de Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização, em São Paulo.

No dia 14 de setembro, Yuki Hamilton Onda Kabe, Engenheiro Químico e especialista da Braskem em Avaliação de Ciclo de Vida, vai explicar como esse tipo de trabalho verifica os impactos ambientais dos produtos, desde a extração da matéria-prima, até a destinação final.

O executivo vai apresentar a Avaliação feita sobre os produtos de nãotecidos em comparação com similares de algodão e o resultado, que apontou que os nãotecidos se mostram a opção mais ecoeficiente para as aplicações na área médica-hospitalar.

Ao comparar kits cirúrgicos de tecidos de algodão (reutilizáveis) e de nãotecido de polipropileno (descartáveis), a segunda alternativa apresentou melhor desempenho ambiental, reduzindo, por exemplo, o consumo de água em, ao menos, 80%.

Os nãotecidos apresentam melhor desempenho em funções como barreira física a fluidos. Os kits cirúrgicos de algodão perdem a barreira após usos e utilizam produtos químicos para sua desinfecção, os quais são descartados no meio ambiente após seu uso.

Yuki Kabe também vai palestrar sobre a Norma ABNT NBR 16064, que dispõe sobre os requisitos de fabricação e processamento, bem como os métodos de ensaio e requisitos de desempenho para campos cirúrgicos.

Segundo Michele Louise, coordenadora do CTH, a participação no 13º Congresso SOBECC é de suma importância para que o setor possa ter contato com estudos científicos que comprovam a ecoeficiência dos nãotecidos. “A partir de dados científicos, é possível escolher o melhor produto em termos de eficiência ambiental, benefício social, eficácia na aplicação a que se propõe e vantagem econômica”, explica Michele.

E a executiva completa: “a divulgação das qualidades técnicas dos nãotecidos somadas às vantagens ambientais são argumentos para que esses produtos ganhem ainda mais espaço no mercado brasileiro”.

Destinado aos profissionais e estudantes de Enfermagem que atuam no Bloco Operatório, o 13º Congresso Brasileiro de Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização reunirá especialistas nacionais e internacionais onde participarão da programação científica. O evento é realizado a cada dois anos e, em de 2015, reuniu 2400 participantes e 70 empresas expositoras envolvendo mais de 1.400 profissionais executivos de vendas.

Serviço: 13º Congresso Brasileiro de Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização

Palestra do CTH-ABINT: Avaliação do Ciclo de Vida da Paramentação Estéril Descartável X Reprocessada e a Norma ABNT NBR  16064

Data: 14 de setembro

Horário: 16h

Local: Palácio das Convenções do Anhembi – Auditório 4

Para inscrever-se acesse o site do evento: http://sobecc.tmeventos.com.br/13congresso/home.php

Sobre o setor de Nãotecidos e Tecidos Técnicos - O segmento de Nãotecidos, que nos últimos cinco anos investiu mais de US$ 70 milhões em atualização tecnológica em equipamentos de última geração e que hoje emprega no Brasil diretamente mais de 16.500 pessoas, apresenta um consumo aparente de 283.930 toneladas/ano, exportações de 31.990 toneladas/ano e importações de 40.272 toneladas/ano. Já o setor de Tecidos Técnicos investiu, nos últimos dois anos, mais de US$ 47 milhões em atualização tecnológica e equipamentos e gera cerca de 22.000 empregos diretos. Apresenta consumo aparente de 302.010 toneladas, exportações de 6.235 toneladas e importações de 44.973 toneladas.

Segundo Carlos Eduardo Benatto, presidente da ABINT, a entidade atua para fortalecer essa cadeia produtiva, evidenciando a relevância desses produtos no desenvolvimento de importantes setores da economia. “Iniciativas como essa, que ressaltam as vantagens competitivas dos Nãotecidos e Tecidos Técnicos, reforçam a importância dessa indústria para o desenvolvimento econômico do país”, afirma Benatto.

Sobre o CTH-ABINT: O Comitê Técnico Médico Hospitalar (CTH) é formado pelas empresas Lifemed, Lifetex, Maxipack, Planitrade, Sulgraffmed, Venkuri, Braskem, Berry, DUCI e Fitesa e tem por objetivo promover as aplicações de nãotecidos no segmento médico-hospitalar, enaltecendo suas qualidades técnicas e sustentáveis.
 
Sobre a ABINT: Fundada em 1991, a Associação Brasileira das Indústrias de Nãotecidos e Tecidos Técnicos tem como objetivo representar, difundir e defender os interesses da indústria brasileira de Nãotecidos e Tecidos Técnicos, promovendo e apoiando o seu desenvolvimento e o crescimento do mercado de aplicações desses produtos, que são fundamentais a diversos e importantes setores da economia do país.
 

Comentários desta notícia

Publicidade