Publicidade
MEIO FILTRANTE - Honda comemora 20 anos de produção em Sumaré

Esta notícia já foi visualizada 1159 vezes.

Honda comemora 20 anos de produção em Sumaré

Data:10/10/2017

Fábrica começou montando 20 automóveis por dia; hoje são 550

MÁRIO CURCIO, AB

A fábrica da Honda em Sumaré (SP) comemora 20 anos. A unidade foi inaugurada em 6 de outubro de 1997. A produção começou com a sexta geração do Civic, em um ritmo de 20 carros por dia. Hoje a unidade produz o sedã e outros quatro modelos: Fit (lançado em 2003), City (2009) e os utilitários esportivos HR-V (2015) e WR-V (2017). Hoje são montados a cada dia 550 carros. Durante essas duas décadas a fábrica de Sumaré montou perto de 1,7 milhão de automóveis. 

De lá para cá a quantidade de funcionários saltou de 400 para cerca de 3,5 mil. A Honda foi a primeira fabricante de automóveis a se instalar na região e liderou o processo de estruturação de uma rede de fornecedores, com 33 empresas no início. 

A fábrica ocupa um terreno de 1,7 milhão de metros quadrados e tem área construída de 225 mil m². Produz peças de aço estampado e tem as próprias áreas de solda, injeção plástica e pintura, além da linha de montagem e inspeção final de todos os automóveis.

A planta ainda concentra a unidade powertrain, responsável pela fabricação de motores, transmissões manuais e realiza dois dos principais processos: fundição e usinagem. 

No acumulado dos 20 anos a Honda Automóveis já investiu mais de R$ 4,7 bilhões no Brasil. Entram nesse montante as melhorias feitas na linha de produção de Sumaré, os recursos direcionados ao Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, a construção do Parque Eólico em Xangri-Lá (RS) e também a segunda fábrica de automóveis, em Itirapina (SP), que está pronta desde abril de 2015, mas ainda não montou nenhum automóvel por causa da queda de vendas no mercado interno. 

PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

Em 2014 a empresa inaugurou em Sumaré o próprio centro de pesquisa e desenvolvimento de automóveis, um dos principais fora do eixo Japão-Estados Unidos. Tem cerca de 300 colaboradores e foi erguido para viabilizar o desenvolvimento de modelos para atender a demandas específicas do mercado brasileiro, além de aumentar o índice de nacionalização de componentes e tecnologias. Lá foi criado o utilitário esportivo WR-V, que usou como base o modelo Fit.




As imagens mais acima mostram o terreno nos anos 1990 e a fábrica já erguida; o então governador Mário Covas assenta a pedra fundamental e, em 1997, participa da inauguração ao lado do presidente Fernando Henrique Cardoso.


Fonte:  www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade