Publicidade
MEIO FILTRANTE - Reforma tributária americana terá impacto nas empresas brasileiras que operam no exterior

Esta notícia já foi visualizada 661 vezes.

Reforma tributária americana terá impacto nas empresas brasileiras que operam no exterior

Data:21/12/2017

As multinacionais brasileiras que operam nos Estados Unidos serão afetadas pelas novas regras da reforma tributária americana já aprovadas pelo Congresso e Senado e que estão aguardando apenas sanção presidencial. De maneira ampla, elas deverão impactar a forma de tributação do lucro e novos investimentos.


Segundo o sócio da KPMG, Murilo Melo, uma das principais alterações é redução da carga fiscal do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica americano de 35% para 21%. Outro ponto diz respeito às regras de dedução de despesas de juros que estão mais restritivas. Além disso, algumas formas de pagamentos por empresas americanas para partes relacionadas no Brasil poderão estar sujeitas a um novo imposto norte-americano chamado BEAT.


“Trata-se da maior reformulação fiscal e contábil dos últimos 40 anos que trará mudanças tanto para as empresas como para pessoa física. Serão afetadas companhias de grande porte, financeiras ou não financeiras, que operam nos Estados Unidos, além de subsidiárias brasileiras de multinacionais americanas. Dessa forma, acredita-se que o governo americano está em busca de competitividade em relação à economia global”, explica.

Release - Ricardo Viveiros - Oficina de Comunicação
Contato - Rayza Peçanha Araújo

Fonte: www.maxpress.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade