Publicidade
MEIO FILTRANTE - Honda Automóveis registra crescimento nas vendas em 2017

Esta notícia já foi visualizada 513 vezes.

Honda Automóveis registra crescimento nas vendas em 2017

Data:12/1/2018

A Honda Automóveis do Brasil encerrou 2017 com aumento de 7% nas vendas em comparação ao ano anterior, comercializando 131.096 automóveis. O resultado garantiu à marca o market share de 6%, segunda melhor participação de mercado em sua trajetória no País.

O crescimento reflete a acertada estratégia de renovação do line-up da marca, responsável por trazer ao mercado, nos últimos dois anos, o Civic Geração 10, o WR-V - primeiro automóvel desenvolvido sob a liderança da equipe brasileira de Pesquisa & Desenvolvimento -, o HR-V Touring e, mais recentemente, o Fit 2018. Para este ano, já estão confirmados os lançamentos do Civic 2018, City 2018, e novos Civic Si e CR-V.

O modelo mais vendido foi o Honda HR-V, com 47.777 unidades comercializadas. Somado às vendas do WR-V, com 15.352 emplacamentos, a marca consolidou sua presença no segmento de SUVs compactos. O bom desempenho da fabricante se deve ainda ao sucesso do Civic, com 25.867modelos vendidos, do Honda Fit, que registrou vendas de 25.351, e do City, com 15.975 unidades. Os importados CR-V, Accord e Civic Si somaram, juntos, 762 emplacamentos.

Com o envio do Civic Geração 10 e WR-V para os principais mercados na América do Sul, as exportações retomaram força em 2017, totalizando 5.327 automóveis exportados. Além de automóveis, a empresa também exporta peças (CKD) para a Argentina, México e EUA.

Em resposta ao crescimento das vendas internas e também das exportações, o número de automóveis que saiu da linha de montagem da fábrica de Sumaré (SP) superou em 11,2% as unidades do ano anterior.

Para 2018, a fabricante prevê um cenário de ligeiro crescimento das vendas, próximo ao patamar registrado em 2017.

Sobre a Honda no Brasil: Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 23 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, hoje a maior administradora de consórcios do mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados. Em 1997, a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP), de onde já saíram mais de 1,7 milhão de veículos. Durante esses anos a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1.300 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. E a segunda planta de automóveis da marca foi construída na cidade de Itirapina (SP) porque muito mais está por vir. Saiba mais em www.honda.com.br e www.facebook.com/HondaBR

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários desta notícia

Publicidade