Publicidade
MEIO FILTRANTE - BNDES liberou R$ 26,9 bilhões para infraestrutura em 2017

Esta notícia já foi visualizada 252 vezes.

BNDES liberou R$ 26,9 bilhões para infraestrutura em 2017

Data:9/2/2018

Da Redação 

Aprovações de novos financiamentos aumentaram 30% em relação a 2016. Desembolsos cresceram 4%

A área de infraestrutura ficou com R$ 26,9 bilhões dos desembolsos do BNDES no ano passado, ou seja, praticamente 38% do total desembolsado pelo banco. O total representa 4% a mais de dinheiro efetivamente liberado para o setor em relação ao ano anterior. Já as aprovações de novos financiamentos também cresceram – 30% – e somam quase 30 bilhões. Lembrando que são casos que precisam avançar nas demais etapas até a liberação final do dinheiro.

De acordo com o BNDES, há uma perspectiva de retomada nos desembolsos de infraestrutura em 2018, com destaque para as aprovações para energia elétrica (alta de 54%) e transporte rodoviário (53%). O segmento de telecomunicações também deverá ter desembolso “relevante” nesse ano, avalia o banco. A instituição ressaltou ainda a importância dos “movimentos isolados”, caso de energia elétrica e eólica e do segmento de celulose, para os bons resultados de 2017.

Regionalmente, a área de infraestrutura também contribuiu para a dispersão dos investimentos. Como?  O banco aumentou em 24% os desembolsos na Região Nordeste, em função das operações de parques de geração eólica e das linhas de transmissão de energia elétrica necessárias para esses investimentos. Com isso, o Sudeste, que detinha quase 50% dos desembolsos em outros exercícios, ficou com 37,7% no ano passado. A região Sul teve um aumento de 5% nas aprovações de crédito, reforçando a dispersão.

A infraestrutura também é sustentável e o BNDES acompanha essa faceta do segmento desde 2012. Os projetos da chamada economia verde incluem projetos de desenvolvimento aliados ao crescimento sustentável. Neste segmento, os desembolsos do BNDES se mantiveram estáveis em 2017, com leve crescimento de 1% em relação a 2016. Foram destaques nos desembolsos de R$ 14,7 bilhões projetos de energias renováveis e eficiência energética (R$ 8,2 bilhões). Também tiveram desembolso relevante, entre outros, projetos de transporte público (R$ 1,9 bilhão) e melhorias agrícolas (R$ 1,1 bi).

O setor de agropecuária, que respondeu por 20,3% dos desembolsos em 2017, também conta indiretamente para o resultado de infraestrutura em função de suas demandas de transporte e logística, entre outros. Os desembolsos cresceram 3% no setor, chegando a R$ 14,4 bilhões, e as consultas (primeira fase de um pedido de financiamento no BNDES) chegaram a R$ 16,8 bi, com crescimento de 6%. Para finalizar: foram destinados ainda R$ 15 bilhões ao setor industrial, no ano passado, e R$ 14,5 bilhões ao de comércio e serviços.


Fonte: www.infraroi.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade