Publicidade
MEIO FILTRANTE - União Europeia pressiona setor automotivo por acordo com Mercosul

Esta notícia já foi visualizada 243 vezes.

União Europeia pressiona setor automotivo por acordo com Mercosul

Data:14/2/2018

Regra de conteúdo local e prazo para o livre comércio ainda geram embate 
REDAÇÃO AB


Negociadores do Mercosul e União Europeia ainda não chegaram a um acordo sobre o embate sobre regra de origem do setor automotivo para definir o acordo de livre comércio. De acordo com informações da Folha de S. Paulo, os países do Mercosul exigem que 60% das peças dos veículos sejam fabricadas dentro do bloco, regra que é resultado das características da indústria local, mais verticalizada. No entanto, os europeus, que produzem de forma mais globalizada, querem afrouxar esta exigência.

A pressão dos europeus por uma maior flexibilidade do setor automotivo também inclui o prazo a ser imposto para o livre comércio. Os negociadores do Cone Sul já aceitaram em zerar as tarifas de importação dos veículos, hoje em 35%, de 15 anos proposto anteriormente, para 12 anos. Contudo, a União Europeia busca um prazo ainda mais curto e propôs oito anos. De acordo com o jornal, pessoas próximas à negociação dizem que pode ser uma estratégia para tentar fechar em 10 anos.

As questões que envolvem o setor automotivo dominaram a nova rodada de negociações, que termina na sexta-feira, 9, em Bruxelas, na Bélgica. Ainda de acordo com a Folha de S. Paulo, os dois blocos estão conduzindo as conversas a fim de conclui-las no fim deste mês, durante uma reunião em Assumpção, no Paraguai.

Fontes disseram ao jornal que o acordo pode afugentar investimentos no Mercosul, uma vez que a Europa tem muita capacidade ociosa e fará mais sentido exportar de lá do que produzir por aqui.

Fonte:  www.automotivebusiness.com.br 

Comentários desta notícia

Publicidade