Publicidade
MEIO FILTRANTE - Venda de veículos leves cresce 19,2% no bimestre; média diária avança

Esta notícia já foi visualizada 319 vezes.

Venda de veículos leves cresce 19,2% no bimestre; média diária avança

Data:2/3/2018

Soma do ano chega a quase 330 mil unidades; em fevereiro foram emplacados 8,5 mil por dia útil 

MÁRIO CURCIO, AB
 
A venda de automóveis e comerciais leves no primeiro bimestre somou 327,2 mil unidades e registrou alta de 18,6% sobre o mesmo período do ano passado. O maior crescimento ocorreu para os automóveis, com 278,6 mil unidades e acréscimo de 19,2%. Os comerciais leves somaram 48,6 mil, aumento de 15,2%. Os números foram divulgados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários.

- Faça aqui o download dos dados da Fenabrave
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência

Os dados isolados de fevereiro para emplacamentos de veículos leves ficaram 13,5% abaixo dos de janeiro, pelo menor número de dias úteis (18, ante 22), mas a média diária do segundo mês de 2018 alcançou 8,4 mil unidades e foi 5,6% melhor do que a registrada em janeiro. 

A comparação dos números de fevereiro com o mesmo mês do ano passado (que também teve carnaval, mais um dia útil a mais) revela alta de 14,6%. O total de unidades para o mês ainda é baixo, mas a média diária próxima a 8,5 mil veículos leves confirma a tendência de crescimento para 2018. 

“O desempenho dos dois primeiros meses está alinhado com as expectativas de retomada das vendas”, afirma o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.


A General Motors permanece no topo do ranking, com 61,3 mil automóveis e comerciais leves e 18,7% de participação. Seu hatch Chevrolet Onix, o carro mais vendido no Brasil, já teve 28,8 mil unidades emplacadas no bimestre, quase o dobro do Hyundai HB20, segundo colocado (15 mil carros). 

A Volkswagen se mantém no segundo posto do ranking das montadoras, com 48,6 mil automóveis e comerciais leves e 14,8% de participação. Seu novo hatch, o Polo, manteve em fevereiro a quarta posição que já havia alcançado em janeiro. Soma agora 11,6 mil unidades, seguido pelo veterano Gol, na quinta posição com 10,4 mil emplacamentos. 

A soma de veículos leves e pesados (caminhões e ônibus) registrou 338,2 mil unidades emplacadas no primeiro bimestre e alta de 19,5% sobre os mesmos dois meses do ano passado.


Fonte:  www.automotivebusiness.com.br 

Comentários desta notícia

Publicidade