Publicidade
MEIO FILTRANTE - A inclusão das PMEs na indústria 4.0 será debatida pela Schneider na Mecânica Manufacturing Experience

Esta notícia já foi visualizada 312 vezes.

A inclusão das PMEs na indústria 4.0 será debatida pela Schneider na Mecânica Manufacturing Experience

Data:10/4/2018

Conceito atualmente é desenvolvido no Brasil pelas grandes empresas devido ao elevado custo, mas com planejamento pode ser implantado em etapas com custos menores

“No Brasil, assim como nos demais países, uma parte considerável da produção industrial está concentrada nas médias e pequenas indústrias

O conceito da Indústria 4.0 (ou manufatura avançada) precisa chegar às pequenas e médias empresas brasileiras para que possam ter sucesso em acompanhar esse processo de evolução que atinge o mundo todo. A opinião é do vice-presidente da Schneider Electric, Cristiano dos Anjos, que será um dos palestrantes durante o Encontro de Líderes da Indústria, que acontece entre os dias 24 e 27 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo, durante a MECÂNICA Manufacturing Experience.

"A Schneider fala há 50 anos sobre automação. Sempre estivemos atentos ao que ocorre no mundo e buscamos nos atualizar", lembra o executivo. Cristiano defende a "democratização" dessa evolução. "No Brasil, assim como nos demais países, uma parte considerável da produção industrial está concentrada nas médias e pequenas indústrias, sendo que em vários seguimentos é a maior parte. Então, não podemos pensar em Indústria 4.0 sem incluí-las nesse processo", garante.

Para Cristiano, é preciso ter um plano de digitalização - olhando para dentro, "para o chão de fábrica", antes de pensar na internet, nas conexões com o restante do mercado. "A digitalização, com a interconexão dos processos e equipamentos internos, é o primeiro passo".

Por esse motivo que o executivo garante que é possível o engajamento de todos nestas mudanças. "Se olharmos o conceito como um todo ele pode demandar um grande investimento inicial, mas se houver um planejamento bem definido, a implantação poderá ser feita em etapas", garante.

Para Cristiano, todo o processo se resume em sustentabilidade, conexão com o mundo digital e planejamento com cyber segurança. "Inovar não é só colocar um produto no mercado, mas também é a maneira como se faz gestão, a maneira que se controla. Utilizar um recurso e tecnologia de uma maneira diferente é algo inovador dentro da indústria", afirma. Para ele, a gestão de pessoas também tem que ser incluída nessa discussão.

"O tema é válido porque é extremamente relevante preparar a população que trabalha dentro das fábricas ou que está conectada à indústria de modo geral, para que saiba lidar com a inovação. A inovação é necessária em nosso dia a dia, seja em termos de tecnologia ou de fazer novos negócios, novas maneiras, novos modelos de gestão. Orientar, preparar, treinar e capacitar o pessoal de indústria é fundamental". Mais informações sobre o evento podem ser encontradas no site www.mecanica.com.br



Website: www.mecanica.com.br 


Fonte: noticias.dino.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade