Publicidade
MEIO FILTRANTE - Volkswagen do Brasil cresce mais que o dobro do mercado em vendas no 1º trimestre de 2018

Esta notícia já foi visualizada 332 vezes.

Volkswagen do Brasil cresce mais que o dobro do mercado em vendas no 1º trimestre de 2018

Data:10/4/2018

O Novo Polo foi o modelo mais vendido na marca e o 4º mais comercializado no mercado brasileiro no 1º trimestre deste ano, com cerca de 18 mil unidades entregues aos clientes;
Volkswagen avança e se consolida na segunda posição em vendas;
Lançamentos recentes da Volkswagen, Novo Polo e Virtus, começam a ser exportados para países da América do Sul;

Os primeiros resultados da maior ofensiva de produtos da Nova Volkswagen já podem ser observados na soma dos volumes comercializados no primeiro trimestre deste ano. Com 77.474 unidades, a Volkswagen do Brasil encerrou o 1º trimestre com aumento de 31,7% em suas vendas na comparação com mesmo período do ano passado, quando vendeu 58.831 veículos. A evolução da marca representa mais que o dobro do índice registrado pela indústria automotiva, que cresceu 14,7% nos emplacamentos de automóveis e comerciais leves no mesmo período, segundo dados do Renavam.

O Novo Polo é o modelo mais vendido da Volkswagen neste início de ano. Com 17.720 unidades entregues aos clientes nos três primeiros meses de 2018, ocupa a 4ª colocação no ranking dos veículos mais vendidos no País, seguido pelo Gol, na 6ª posição com 16.261 unidades. Destaque também para o Virtus, que teve o início de vendas em meados de fevereiro e já ultrapassa a marca de 4,6 mil carros emplacados.

O ano de 2018 marca a retomada positiva da Volkswagen no Brasil, que deixou o terceiro lugar em vendas em 2017 para assumir uma segunda posição sólida. No acumulado do ano, a Volkswagen do Brasil responde por um market share de cerca de 15%.

“No momento que completamos 65 anos no País, estamos obtendo ótimos resultados, o que demonstra que começamos um período de virada, de uma Nova Volkswagen, que começa a ser percebida de forma diferente pelos nossos clientes e parceiros de negócios. Lançamos o Novo Polo, o Virtus, a Amarok V6 e o Tiguan Allspace e ainda temos reservadas mais 16 novidades até 2020”, comenta Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen Região América do Sul e Brasil.

Para colocar em prática a maior ofensiva de produtos na história da marca no Brasil, a Volkswagen irá investir até 2020 R$ 7 bilhões, reforçando seu compromisso com o País e com os brasileiros.

Polo e Virtus ultrapassam as fronteiras brasileiras 

Ampliando ainda mais sua presença no mercado externo, a Volkswagen do Brasil, que é a maior exportadora da história do Brasil, começou a exportar os seus mais recentes lançamentos para países da América do Sul. Os primeiros lotes de Polo e Virtus já foram enviados e somam mais de 13 mil unidades exportadas nos primeiros três meses de 2018. Entre os mercados estão a Argentina, o Chile, o Uruguai, o Peru e o Paraguai. Em breve, os dois modelos chegarão a outros países América do Sul, Central e Caribe.

O Gol permanece como o modelo mais exportado da marca, representando 26% do total de unidades exportadas pela Volkswagen. Na sequência estão Polo (21%) e Virtus (16%), o que representa a diversificação do portfólio de produtos altamente interessantes para esses mercados.

“Uma das metas da Volkswagen é ampliar significativamente sua participação também na Região SAM, que abrange a América do Sul, América Central e Caribe. Para isso, estamos não só reforçando as exportações a partir do Brasil e da Argentina, mas desenvolvendo mercado a mercado, entendendo as necessidades de cada país e apresentando as melhores soluções em termos de produtos e serviços”, destaca Thomas Owsianski, Primeiro Vice-Presidente Executivo e Vice-Presidente de Vendas e Marketing, Baureihe e Estratégia SAM.

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br


Fonte: www.maxpress.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade