Publicidade
MEIO FILTRANTE - BMW Motorrad alcança a produção de 50 mil motos no Brasil

Esta notícia já foi visualizada 227 vezes.

BMW Motorrad alcança a produção de 50 mil motos no Brasil

Data:26/10/2018

BMW Motorrad alcança a produção de 50 mil motos no Brasil

Volume vem após nove anos de operações, incluindo os seis anos em que utilizou a linha de montagem da Dafra em Manaus 

REDAÇÃO AB
 
A BMW Motorrad em Manaus (AM) alcançou o total de 50 mil motos produzidas no Brasil na última quarta-feira, 24, após nove anos de operações: o modelo que completou o volume é o BMW R 1200 GS Adventure, líder de vendas da marca no País. 

Por aqui, a empresa começou a montar seus modelos em 2009 a partir de uma parceria com a Dafra para utilização de sua linha de montagem também em Manaus. Foi assim até 2016, quando em outubro daquele ano a BMW Motorrad inaugurou sua própria fábrica a no País na mesma cidade – a primeira no Brasil e também a primeira do grupo dedicada exclusivamente à produção de motocicletas fora da Alemanha. Construída em uma área de 10 mil metros quadrados, a unidade recebeu até agora investimentos na ordem de R$ 60 milhões.

“Estamos muito orgulhosos com esse resultado e enxergamos um potencial muito grande no mercado brasileiro, apesar do atual momento econômico. Esse número é fruto de nossos investimentos em tecnologia e mão de obra especializada, focando sempre na qualidade dos nossos produtos”, afirma o presidente e CEO da fábrica do Grupo BMW em Manaus, Alejandro Echeagaray Enkerlin.

“A fábrica de Manaus contribuiu para a consolidação da BMW Motorrad no Brasil ao assegurar maior disponibilidade dos modelos e celeridade para atender à demanda local. Com isso, pudemos atingir esse recorde de forma sustentável”, comenta o diretor de produção, Peter Vogel.

Atualmente, a fábrica de Manaus é responsável pela montagem de nove modelos totalmente dedicados ao mercado brasileiro: F 750 GS, F 850 GS, R 1200 GS, R 1200 GS Adventure, S 1000 RR, S 1000 R, S 1000 XR, G 310 GS e G 310 R.


Fonte: www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade