Publicidade
MEIO FILTRANTE - Hengst Brasil cresce 25% em 2018

Esta notícia já foi visualizada 1064 vezes.

Hengst Brasil cresce 25% em 2018

Data:18/12/2018

Escolhida para liderar o grupo alemão na América Latina e México, planeja ampliação da fábrica.

A Hengst Brasil, multinacional de origem alemã que produz filtros automotivos para os mercados OEM e de reposição - comemora os excelentes resultados de 2018. A empresa deve fechar o ano com faturamento 25% maior que o de 2017 e também espera crescer no mínimo mais 20% em 2019.

Em novembro deste ano, a companhia com sede em Joinville (SC) bateu o recorde de vendas desde sua chegada ao país em 1998.

Com os excelentes resultados, a Hengst Brasil já planeja ampliar sua fábrica em 2 mil m², o que irá aumentar em 30% a capacidade produtiva. O investimento total será na ordem de R$ 7 milhões e as obras devem começar já no início do ano 2019.

O excelente desempenho levou a matriz na Alemanha a escolher, em maio de 2018, a unidade brasileira como responsável pelas atividades do grupo em toda a América Latina e também no México.

“Comprometida com qualidade e atenção total ao cliente, a Hengst vem alcançando no Brasil uma de suas maiores taxas de crescimento mundiais, o que motivou a escolha da unidade brasileira para o atendimento a toda América Latina e México”, enfatiza Luiz Mirara, diretor-presidente da Hengst na América Latina e também CEO da Hengst Brasil.

A Hengst Brasil está há 20 anos no mercado. Com 6 mil m² de área construída em um terreno de 186 mil m², emprega 150 colaboradores entre diretos e indiretos e produz por ano meio milhão de módulos/sistemas de filtração. A produção engloba sistemas filtrantes para combustível, módulos multifuncionais e sistemas de separação de gases de blow-by para diversos tipos de motores. A unidade também comercializa toda a linha de filtros de óleo, ar, ar de cabine e combustível para a frota brasileira no mercado de reposição. Além de abastecer o mercado local, exporta para as Américas e Europa.

Nos últimos cinco anos, a Hengst Brasil recebeu aproximadamente R$ 30 milhões de investimentos do Grupo Hengst, o que ajudou a consolidar a marca como líder de mercado alemã para as indústrias automobilísticas locais.

Grupo Hengst adquire a alemã Delbag — Fundada na Alemanha em 1958, a Hengst é um dos principais fornecedores mundiais de filtros e sistemas de filtragem nas áreas automobilística, industrial, ambiental e de bens de consumo. O Grupo Hengst acaba de adquirir a Delbag do grupo alemão FläktGroup. Fundada em 1909, a Delbag é uma das maiores fabricantes de sistemas de filtros do mundo e fechou 2017 com vendas em torno de 30 milhões de Euros. A companhia também tem unidades na Franca, República Tcheca, Polônia e Áustria, todas agora incorporadas ao Grupo Hengst.

Com presença global em 16 plantas — em nove países e quatro continentes —, a Hengst é parceira no desenvolvimento e fornecimento de produtos para mais de trinta montadoras do setor automobilístico em todo o mundo, além de atender também indústrias de outros setores em mais de 100 países. Entre seus clientes estão empresas como Mercedes-Benz, BMW, Porsche, Volvo, Audi, Bugatti, Volkswagen, GM, Renault, Scania, Ford e MAN.

Com a compra da Delbag, a multinacional alemã fortalece ainda mais seu market share na Europa. Por sua vez, o crescimento contínuo da unidade brasileira vem sendo determinante para o bom desempenho do grupo nos continentes americanos.



Fonte: www.revistafatorbrasil.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade