MEIO FILTRANTE - Concessionários esperam por novo crescimento de 11% em 2019
Esta notícia já foi visualizada 718 vezes.



Concessionários esperam por novo crescimento de 11% em 2019

Data:7/1/2019

Fenabrave aposta em expansão continuada das vendas de veículos leves 

PEDRO KUTNEY, AB
 
Após anotar crescimento de 13,7% em 2018 na comparação com 2017, as vendas de automóveis e comerciais leves devem seguir em alta este ano que deve atingir 11%, segundo estimativa divulgada na quinta-feira, 3, pela Fenabrave, entidade que reúne os concessionários revendedores de veículos de todo o País. 

Em 2018, a Fenabrave revisou quatro vezes para cima sua projeção de vendas para o ano. Chegou mais próxima do porcentual final na revisão que divulgou em outubro, quando estimou crescimento de 13% nos emplacamentos de veículos leves. 

“Iniciamos 2018 com uma expectativa de alta mais moderada, mas com a melhora mais acentuada da economia e da confiança do consumidor ao longo do ano o desempenho do setor automotivo foi maior do que o esperado. Mesmo com acontecimentos negativos, como a greve dos caminhoneiros, em maio, e a indefinição política no período pré-eleitoral, o mercado continuou em ritmo de alta”, justificou em nota Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave.


De acordo com números do Renavam divulgados pela Fenabrave, o ano terminou com 2,47 milhões de automóveis e comerciais emplacados, o melhor resultado dos últimos três anos, com cerca de 300 mil unidades a mais que as 2,17 milhões registradas em 2017, alta de 13,7%, conforme adiantou o colunista Joel Leite em matéria publicada na quarta-feira, 2. 

Para o presidente da Fenabrave, os fatores influenciaram diretamente o resultado acima das expectativas foram “a queda da taxa de juros e a redução da inadimplência, que geraram maior oferta de crédito, impulsionando assim a venda de automóveis e comerciais leves”, avaliou. 

VOLUME DIÁRIO MAIOR


Devido ao feriado de Natal que praticamente anula a última semana do ano, houve leve desaceleração das vendas em dezembro. Mesmo assim, o volume de veículos leves emplacados atingiu 225 mil unidades, número apenas 1,67% maior que o verificado em novembro, mas quase 10% acima do mesmo mês de 2017. 

O volume diário continuou a avançar em dezembro, para a média de 11.842 emplacamentos em cada um dos 19 dias úteis do mês, em alta de 7% sobre as 11.065 unidades/dia de novembro. Mas dezembro também pode ser considerado um mês com 18 dias úteis se excluída da conta a véspera de Natal, fazendo a média diária de licenciamentos saltar para 12.500.



Fonte: Assessoria de imprensa

Comentários desta notícia

Publicidade