MEIO FILTRANTE - Venda motos cresce 2,2% em março, apesar do carnaval
Esta notícia já foi visualizada 789 vezes.



Venda motos cresce 2,2% em março, apesar do carnaval

Data:2/4/2019

Emplacamentos superaram 86 mil unidades; média diária de 4,5 mil motocicletas foi a melhor do ano 

MÁRIO CURCIO, AB


Apesar do carnaval e do menor número de dias úteis, a venda de motos em março superou as 86 mil unidades e registrou alta de 2,2% sobre fevereiro. A média diária de emplacamentos subiu de 4,2 mil para 4,5 mil unidades, a mais alta do ano. Os números foram obtidos a partir de dados do Renavam até o dia 28 de março e de estimativas feitas por Automotive Business.

Os emplacamentos do trimestre somaram 257,8 mil unidades, anotando alta de 17,5% sobre iguais meses do ano passado. A recuperação do segmento decorre do aumento da confiança do consumidor, da maior oferta de crédito e do aumento da participação dos consórcios. 

A Honda CG 160, moto mais vendida do País, se aproximou das 74 mil unidades entre janeiro e março de 2019 e cresceu 25,9% na comparação interanual. A segunda colocada foi a Honda Biz 110/125, com 38,3 mil unidades e alta de 21,6%.

Chama atenção a alta nas vendas da Yamaha 150 Crosser, a sexta colocada no ranking geral. Com mais de 6 mil unidades no trimestre, anotou crescimento de 58% sobre iguais meses do ano passado. A transição de ano-modelo e os preços camaradas para a linha 2018 ajudam a explicar a alta. 

Outra Yamaha com aumento importante nas vendas foi a YS 250 Fazer. Com mais de 5,4 mil unidades de janeiro a março, registrou acréscimo de 47% na comparação interanual.

HONDA ELITE CAMINHA PARA A VICE-LIDERANÇA DOS SCOOTERS

O ranking dos scooters mostra o Honda PCX 150 com folga na liderança. Teve 5,6 mil unidades no trimestre. O segundo lugar ainda é do Yamaha NMax 160, com 3,4 mil emplacamentos no período. E o recém-lançado Honda Elite 125 atingiu 3,2 mil unidades no acumulado dos três meses. Encostou no segundo colocado e roubou o terceiro lugar do Yamaha Neo 125 (2,8 mil unidades no trimestre). No acumulado até maio o Elite 125 deve tomar também o segundo lugar do NMax.


Fonte: www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade