Publicidade
MEIO FILTRANTE - Sindirepa Rio lança Selo de Qualidade Automotiva para empresas

Esta notícia já foi visualizada 686 vezes.

Sindirepa Rio lança Selo de Qualidade Automotiva para empresas

Data:9/4/2019

Uma mão de obra qualificada impacta diretamente a produtividade das empresas. Com esse objetivo em mente, o Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado do Rio de Janeiro (Sindirepa Rio) lançou o Selo de Qualidade Automotiva (SQA), uma parceria com a Firjan SENAI, para estimular o desenvolvimento do empresário do setor de reparação. A ideia, segundo o presidente do Sindirepa, Celso Mattos, é levar as transformações da indústria 4.0 às empresas, visando verificar as conformidades, capacitar seus funcionários a lidar com essa nova realidade e aprimorar a qualidade dos reparos que chegam ao consumidor final.

O lançamento do Selo foi feito durante o 1º Seminário da Qualidade Automotiva – A Era da Transformação, realizado na sede da Firjan, no dia 28/3. Cerca de 200 empresários compareceram ao evento, cuja abertura contou com o procurador-geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem, o vice-presidente da Firjan, Sérgio Duarte, e Rodrigo Moreira, presidente do Sincopeças-RJ. Também presente, o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, recebeu na ocasião a Medalha ao Mérito na Indústria Automotiva.

Sem implicar em mais burocracia para as empresas, o principal pré-requisito é que no 1º ano para obtenção do Selo, 10% dos seus funcionários passem pelo processo de certificação profissional da Firjan SENAI. Além disso, as empresas devem passar por: avaliação da conformidade nas documentações administrativas; e implantação de melhoria no atendimento ao cliente, na gestão administrativa e nos processos produtivos.

Os mecânicos de manutenção automotiva serão avaliados de forma escrita e prática em seis áreas: manutenção de sistemas de freios, suspensão e direção; manutenção de sistemas de transmissão manual e automatizada de veículos leves; manutenção de motores ciclo Otto e seus sistemas; manutenção no sistema de carga e partida; manutenção dos sistemas de sinalização e iluminação; e manutenção dos sistemas de segurança, conforto e entretenimento.

“Mão de obra desqualificada é uma queixa frequente no setor, e a Firjan SENAI entende a necessidade de preparação dos funcionários para as oficinas. O Selo, em longo prazo, será uma das principais ferramentas do Sindirepa, porque seremos referência de qualidade, atestando que a empresa tem capacidade de atender com excelência as seguradoras”, destacou Celso Mattos, presidente do Sindirepa.

Homenagem a empresários — Durante o seminário, foi realizada homenagem a sete empresários que dedicaram sua vida ao desenvolvimento do setor automotivo. Celso Mattos entregou a Medalha ao Mérito na Indústria Automotiva ao grupo, do qual faz parte o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, que fez um agradecimento em nome de todos. O evento contou com dois painéis, incluindo a participação de empresas como Naturgy, que apoia o Selo, Petrobras e Sicoob.

Troca de experiências — O Sindirepa também esteve à frente do 5º Benchmarking Sindical, sediado na Firjan, dia 27/3, que reuniu presidentes de sindicatos de outros estados para troca de experiências. Celso Mattos conduziu o encontro, apresentando aos participantes as boas práticas adotadas pelo sindicato. Além de uma parceria de sucesso firmada com um plano de saúde para os associados, Mattos destacou outras ações que têm rendido bons frutos.

Com foco especial na área de comunicação, o Sindirepa está desenvolvendo um aplicativo para dar agilidade aos processos administrativos do sindicato, tais como a geração de boletos para os associados, relatórios e cadastros. “Nosso objetivo é criar algo funcional, ágil e que facilite o diálogo com nossos associados”, pontuou Mattos.

O presidente também falou sobre a parceria estabelecida com a Polícia Militar do Estado do Rio (PMERJ) para o credenciamento de oficinas de reparação automotiva, visando à manutenção preventiva de toda a frota da corporação. Para garantir a credibilidade do projeto, o sindicato promoverá o treinamento de 150 policiais militares em inspeção veicular, tendo em vista atuarem como fiscais dos serviços, além da estruturação de cursos de informática e registro informatizado para que a PMERJ tenha uma ferramenta em gestão de frotas.

“A experiência do Sindirepa é muito interessante. Muitas coisas nós já fazemos e outras inovações estamos tentando adaptar à realidade do nosso estado”, contou José William Montenegro Leal, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP). Wilson Bill, presidente do Sindirepa-PR, corroborou: “Cada sindicato está fazendo algo diferente. A ideia é observar o que está dando certo e replicar, sem a necessidade de começar do zero”.



Comentários desta notícia

Publicidade