MEIO FILTRANTE - Volvo amplia participação em Curitiba com a entrega de 65 ônibus
Esta notícia já foi visualizada 756 vezes.



Volvo amplia participação em Curitiba com a entrega de 65 ônibus

Data:15/5/2019

Volvo entrega lote de 65 ônibus para operadoras de transporte público em Curitiba
Renovação de frota da cidade já representa R$ 180 milhões em compras de veículos 

SUELI REIS, AB | De Curitiba (PR)
 
Depois de Scania e Mercedes-Benz, chegou a vez da Volvo participar da renovação de frota de Curitiba (PR): a montadora entregou na terça-feira, 14, um lote de 65 ônibus para duas operadoras do transporte público da cidade. Iniciada em novembro de 2017, a renovação garantiu até agora a entrega de 248 ônibus de diferentes tipos, entre padrão (convencional de 17 toneladas), articulados e biarticulados. Este total representa um investimento de R$ 180 milhões por parte de seis empresas que operam o sistema de transporte público na cidade e que compraram os veículos.

O lote da Volvo é composto por 25 biarticulados, 24 articulados e 16 do tipo padrão, todos fabricados na planta da montadora localizada na própria Curitiba. Encarroçados pela Caio e Marcopolo, eles rodarão em linhas troncais, alimentadoras, interbairros e radiais, incluindo as linhas que percorrem os trechos de BRT.

“Xô tranqueira”, foi uma das frases ditas pelo presidente da Volvo Buses para a América Latina, Fabiano Todeschini, ao comentar a importância da renovação de frota de Curitiba durante a cerimônia de entrega dos novos ônibus em evento que contou com a presença de autoridades locais, inclusive o prefeito e o presidente da câmara municipal. A Volvo é a maior fornecedora de ônibus de Curitiba. A empresa, que está completando 40 anos de produção no Brasil, iniciou suas operações justamente com a fabricação de um chassi de ônibus. Atualmente, a empresa responde por 80% dos veículos pesados (articulados e biarticulados) que rodam na cidade. 

Na próxima semana está agendada a entrega de mais 14 veículos na cidade, elevando o volume entregue para 262 ônibus desde o início da renovação. A licitação da cidade prevê um total de 450 ônibus novos: os demais 188 deverão ser entregues até o fim de 2020, quando um terço da frota total da cidade terá sido renovada.

Segundo Todeschini, a produção de ônibus pesados (articulados e biarticulados) na fábrica curitibana mais que dobrou no primeiro trimestre na comparação com igual período do ano passado. Além do Brasil, a demanda vem de outros países da região, como a Colômbia, para renovação de frota do sistema de BRT Transmilênio, da capital Bogotá, que ainda neste primeiro semestre começará a receber as primeiras unidades de um lote de 700 ônibus.

“Dobramos a produção e estamos trabalhando com capacidade máxima em um turno, fato inédito nos anos recentes”, completa.

SEGURANÇA NO TRANSPORTE

Segundo Todeschini, a partir de agora todos os ônibus produzidos pela Volvo em Curitiba saem de fábrica preparados para o sistema para o serviço de gerenciamento de regiões de segurança, que permite à gerência de operações definir de forma remota a redução de velocidade de cada veículo em trechos de maior movimentação de pedestres, por exemplo, em locais próximos a escolas, hospitais ou mesmo dentro dos terminais. A velocidade pré-determinada ao veículo é mantida de forma automática, mesmo que o motorista tente acelerar o veículo por meio do pedal.

Introduzido nos biarticulados da marca em março de 2018, o sistema ajudou a reduzir em 50% o número de colisões com automóveis no corredor norte do sistema de BRT da capital paranaense. O resultado também é reflexo de uma série de ações focadas em segurança, como o treinamento e reciclagem de motoristas.



Fonte: http://www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade