MEIO FILTRANTE - Klabin escolhe o Ceará para sua fábrica de embalagens
Esta notícia já foi visualizada 654 vezes.



Klabin escolhe o Ceará para sua fábrica de embalagens

Data:5/9/2019

Por CELULOSE ONLINE

A Klabin S/A – maior empresa brasileira de papel e celulose – acertou, oficialmente, com o Governo do Ceará a instalação de uma indústria de embalagens na geografia do município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza.

A Klabin já adquiriu, por R$ 48 milhões, o terreno onde a fábrica será construída.

O empreendimento consumirá investimentos de R$ 500 milhões, segundo informou a este blog o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart.

A fábrica de embalagens da Klabin estava sendo disputada pelos governos da Bahia e Pernambuco, que, assim como o Ceará, têm polos importantes de fruticultura, setor que absorverá boa parte da produção da Klabin em Horizonte.

A chegada da Klabin S/A no Ceará trará vários benefícios, o primeiro dos quais será o acirramento da oncorrência. Hoje, o Ceará tem apenas uma fábrica de embalagens – a da Rigesa, que, sendo dona exclusiva do mercado, pode impor seus preços.

Com a competição, o preço das embalagens cairá, como admite o empresário Edson Brok, sócio e diretor da Tropical Nordeste, que produz na Chapada do Araripe banana nanica para exportação.

O Ceará tem alguns polos de fruticultura, como o de Icapuí, no Leste do Estado, onde a Agrícola Famosa – maior produtora e exportadora de melão do Brasil – tem fazenda de produção.

Há outro polo de produção importante no Vale do Cariri, nos municípios de Missão Velha e Barbalha, mas neste momento, por causa do ataque de uma praga chamada de sigatoka amarela, está sendo destruído. Várias empresas bananicultoras caririenses de grande e pequeno portes estão demitindo funcionários.

Um terceiro polo fruti-horticultor e outro de floricultura estão situadoa na Chapada da Ibiapaba, no Noroeste do Ceará, onde a Reyjers produz e exporta rosas e onde a Itaueira Agropecuária produz pimentões coloridos.

Os entendimentos da Klabin S/A foram mantidos, em primeiro lugar, com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Maia Júnior, e com seu secretário Executivo do Agronegócio, Sílvio Carlos Ribeiro, e em seguida – fechando a negociação – com o governador Camilo Santana.

O cardápio de incentivos fiscais do Governo cearense será utilizado pela Klabin.


Fonte: Diário do Nordeste / CELULOSE ONLINE

Comentários desta notícia

Publicidade