MEIO FILTRANTE - Besaliel Botelho assume presidência da AEA
Esta notícia já foi visualizada 556 vezes.



Besaliel Botelho assume presidência da AEA

Data:10/9/2019

Besaliel Botelho é o novo presidente da Associação Brasileira da Engenharia Automotiva


CEO da Bosch assume no lugar de Flavio Henrique Sakai

REDAÇÃO AB
 
A Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, a AEA, anuncia que Besaliel Botelho assume a presidência da entidade para o biênio 2019-2020. Ele substitui a Flavio Henrique Sakai, que tomou posse no início deste ano, mas pediu afastamento do cargo por motivo da extensão de suas funções como diretor de vendas e marketing da divisão automotiva da Harman América do Sul. Edson Orikassa, da Toyota, continua como vice-presidente.

“Meu objetivo à frente da diretoria executiva é fortalecer a entidade que nesses 35 anos de existência teve importância capital no processo de evolução da engenharia automotiva brasileira. Sempre em parceria com a indústria, a academia e governo, a AEA tem muito a contribuir com o setor e com a sociedade brasileira”, disse Botelho ao assumir o novo cargo.

Graduado em Engenharia Eletrônica e Telecomunicações pela Universidade de Karlsruhe, na Alemanha, Botelho está no Grupo Bosch no Brasil desde 1985. Ele também possui MBA em Administração Internacional de Negócios pela Universidade Estadual de São Paulo. Desde que ingressou na empresa, passou por diferentes áreas de engenharia e desenvolvimento de produto e vendas técnicas, sendo responsável por projetos locais e internacionais. Entre outros, foi responsável pelo desenvolvimento da tecnologia flex no País.

Em 1997, foi nomeado diretor da divisão de negócios gasoline systems e em 2006 assumiu a vice-presidência executiva da Bosch América Latina, onde atua como CEO desde outubro de 2011.

Além de sua carreira dentro da Robert Bosch, Botelho é membro do MEI, Movimento Empresarial para Inovação da CNI, Confederação Nacional da Indústria, e atua no conselho executivo do Sindipeças. Também representou a SAE Brasil de 2009 a 2010 como presidente.


Fonte:  www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade