MEIO FILTRANTE - Brasília é recordista em reciclagem de aço pela Prolata
Esta notícia já foi visualizada 574 vezes.



Brasília é recordista em reciclagem de aço pela Prolata

Data:11/9/2019

Brasília é a cidade que mais recicla aço no país. Segundo levantamento da Prolata, associação sem fins lucrativos criada em 2012, Brasília soma mais de 2,5 mil toneladas de aço reciclado desde a implantação em 2014 e 2015 das cooperativas parceiras da Prolata.

Organizada pela Associação Brasileira de Embalagens de Aço (Abeaço), fabricantes e revendedores de tintas, a Prolata tem como objetivo permitir que as latas usadas sejam descartadas de forma correta pelos consumidores, enviadas para cooperativas de catadores e revalorizadas em siderúrgicas, transformando-se em novas latas ou outros itens que utilizam o aço como matéria-prima.

Em todo o Brasil são 51 cooperativas parceiras da Prolata que acumulam mais de 9 mil toneladas de aço reciclado. Com o reaproveitamento do aço por meio da reciclagem, a extração de minério de ferro foi reduzida em mais de dez mil toneladas e o uso de carvão mineral em quase 1,5 mil toneladas. Também reduziu a emissão de gases de efeito estufa em mais de 33 mil toneladas, o equivalente a mais de 183 mil árvores, além de poupar o consumo de 70% de água.

“Acreditamos que é papel do fabricante de latas de aço recebê-las de volta e encaminhá-las para revalorização. A Prolata foi a primeira entidade gestora para logística reversa de embalagens reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente”, explica Thaís Fagury, presidente da Abeaço e coordenadora da Prolata. A executiva destaca que o sistema de logística reversa deve ser constituído considerando a responsabilidade compartilhada, envolvendo consumidor, fabricantes de embalagens, fabricantes de produtos envasados, varejo e, por fim, a indústria recicladora. Thaís lembra ainda é que o aço é um material 100% e infinitamente reciclável.

A Prolata é uma associação sem fins lucrativos, criada em 2012, pela cadeia de valor dos fabricantes de latas de aço no Brasil. Iniciativa da Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço) e coordenação e patrocínio em conjunto com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati) para o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei no 12.305/10, e demais políticas públicas de âmbitos federal, estadual e municipal, a Prolata obtém recursos de seus associados e parceiros investidores, os quais são integralmente aplicados na manutenção e desenvolvimento de seus objetivos.



Fonte: www.revistafatorbrasil.com.br 

Comentários desta notícia

Publicidade