MEIO FILTRANTE - Ao adotar conversor de frequência em poço de água, povoado no Maranhão reduz em mais de 30% fatura de energia
Esta notícia já foi visualizada 785 vezes.



Ao adotar conversor de frequência em poço de água, povoado no Maranhão reduz em mais de 30% fatura de energia

Data:29/10/2019

Povoado com 1.500 pessoas localizado na zona rural de Caxias, no Maranhão, Nazaré do Bruno contava com dois poços para atender toda a comunidade com água encanada. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) fez um estudo que constatou que os dois poços eram utilizados não por vazão insuficiente, mas sim pois apenas um não era  suficiente para atender todo o povoado devido ao nível do reservatório, que não possuía cota suficiente para pressurizar toda a rede.

“O abastecimento de água existente no povoado Nazaré do Bruno consistia de dois poços, um de 15 CV e um de 8 CV, abastecendo um único reservatório no ponto mais alto, para distribuição por gravidade. Os dois poços tinham juntos 36.000 l/h de vazão, porém, apenas 18.000 l/h chegavam ao reservatório, o que nos levou a planejar uma estratégia para melhorar o abastecimento reduzindo o consumo de energia”, explica João Eyder, representante da Danfoss na região.

O projeto de gestão de contas de energia dos poços do povoado consistiu na implantação de tecnologias para abastecer o povoado apenas com o poço de 15 CV ligado diretamente na rede e com controle da pressão. Com isto, o plano era reduzir o faturamento de duas maneiras: desligando o poço de 8 CV e reduzindo o controle da pressão. Além disto, o projeto propôs monitorar todas as ações efetuadas no sistema de abastecimento para não permitir qualquer aumento no consumo.

Para esse controle foi instalado um conversor de frequência VLT® AutomationDrive FC 360, da Danfoss. “A Danfoss foi escolhida por ser a única empresa deste segmento que, desde 2014, vem realizando visitas técnicas frequentes e propondo soluções para os nossos problemas. A confiabilidade e a tecnologia embarcada dos equipamentos também foi um fator decisivo, além de ter uma assistência técnica presente e atuante na nossa região”, explica o engenheiro Arnaldo Arruda, diretor administrativo do SAAE em Caxias, Maranhão.

A tecnologia foi implantada em maio de 2019 e consistiu em ligar o conjunto motor-bomba do poço 1 diretamente na rede, acionado pelo conversor de frequência da Danfoss ligado a um transmissor de pressão, em malha fechada. A instalação tem o objetivo de controlar a pressão necessária ao abastecimento de água, desativando o poço 2, de 8 CV, e, consequentemente, o reservatório. Com a solução empregada no poço 1 e a consequente desativação do poço 2, é esperada uma economia mensal de mais de 30% na fatura de energia.

“Isto traz como benefícios a redução na fatura de consumo de energia elétrica com a parada do poço 2 e o controle da pressão da rede, além de evitar vazamentos por sobre-pressão e abastecimento ao consumidor em tempo bastante reduzido”, comenta Arruda. Com a instalação do conversor de frequência da Danfoss com bombeamento direto na rede controlado pelo sensor de pressão, apenas um poço passou a conseguir pressurizar toda a rede com 33 m.c.a. de forma satisfatória.


Fonte: Assessoria de imprensa

Comentários desta notícia

Publicidade