MEIO FILTRANTE - Arie Halpern: tecnologias inovadoras aprimoram o motor de carros elétricos
Esta notícia já foi visualizada 598 vezes.



Arie Halpern: tecnologias inovadoras aprimoram o motor de carros elétricos

Data:1/11/2019

Pesquisas em motores de carros elétricos aumentam sua eficiência e os tornam mais competitivos, aproximando-os cada vez mais da realidade das ruas.

“As empresas fabricantes de motores estão numa corrida acelerada para colocar no mercado os melhores modelos

Os carros elétricos chegarão com força ao mercado nos próximos anos, substituindo com economia e eficiência os modelos movidos a explosão e ajudando assim a diminuir as emissões de gases de efeito estufa, que provocam o aquecimento global. As empresas fabricantes de motores estão numa corrida acelerada para colocar no mercado os melhores modelos, testando novas tecnologias que avançam no desempenho, no armazenamento de energia, no consumo, na redução de volumes, na segurança e no conforto dos motoristas e passageiros.

Quando se mencionam os principais gargalos para a difusão dos carros elétricos no mercado, normalmente nos vêm à mente as baterias. De fato, há uma série de pesquisas que estão tentando torná-las mais práticas, com carregamentos mais rápidos e menor custo. No entanto, novidades interessantes têm aparecido agora nos motores, que devem trazer transformações profundas nos modelos que estarão disponíveis aos consumidores em pouco tempo.

Até agora, os motores elétricos compartilham basicamente o mesmo modelo: bobinas de fios enrolados que interagem com ímãs poderosos para criar rotação. O problema é que a partir de uma certa potência o calor desprendido é excessivo e inviabiliza um equipamento funcional. Essa questão está sendo enfrentada por empresas que estão testando uma nova configuração do motor em forma de raios de uma roda. Isso aumenta o torque e também torna os componentes mais acessíveis para elementos de refrigeração, em superfícies mais espaçadas.

Mas as novidades não param por aí. Uma abordagem ainda mais radical é equipar o automóvel com quatro motores, acoplados em cada uma das rodas. O desempenho delas pode ser assim ajustado com precisão. Uma vantagem adicional é que, com a eliminação dos eixos centrais há - além da redução de peso e volume - a possibilidade de girar a roda em 90 graus, permitindo que o carro entre de lado em vagas ou gire no lugar. Isso sem falar na liberação de volume interno que pode ser usado para compartimento de bagagens ou para aumentar o conforto dos passageiros.

Todos esses avanços estão basicamente associados à produção de componentes em impressoras 3D, o que é uma tendência nas indústrias de ponta. Com menos componentes a serem encaixados, os engenheiros conseguem projetar modelos mais leves, com mais eficiência energética e menos sujeitos a falhas. As pesquisas em motores, somados às novas baterias e sistemas de controle, trarão para as ruas os carros elétricos com custos cada vez mais competitivos, substituindo de uma vez por todas a velha geração de automóveis com motor a explosão impulsionados por combustíveis fósseis.


Fonte: http://noticias.dino.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade