MEIO FILTRANTE - GM reduz ritmo na fábrica de motores em São José dos Campos
Esta notícia já foi visualizada 777 vezes.



GM reduz ritmo na fábrica de motores em São José dos Campos

Data:1/11/2019

Em 2017 os funcionários da GM em São José dos Campos comemoraram a produção de 12 milhões de motores na unidades: ritmo reduzido com a chegada de novo motor produzido em Joinville


Funcionários estão sendo remanejados na unidade, que produz a linha antiga de motores

REDAÇÃO AB
 
Após inaugurar outra fábrica em Joinville (SC) para produzir seus novos motores tricilíndricos que equipam a nova família Onix, a General Motors começou a reduzir o ritmo da planta de motores dentro do complexo industrial em São José dos Campo (SP), segundo relatou o site O Vale. A unidade paulista da GM ficou responsável por toda a produção da linha antiga de propulsores 1.0 e 1.4, antes dividida com Joinville, que seguirão equipando a geração anterior do Onix, nas versões Joy.

Com o esperado aumento da demanda pelos novos modelos e queda natural das vendas dos antigos, a GM está reduzindo o contingente de trabalhadores na unidade de powertrain de São José. Segundo informou o sindicato local, dos 400 funcionários da planta de motores, 235 foram transferidos para outros setores do complexo, sendo 165 para a linha de produção da picape S10, 36 para o setor de diesel, 31 para a fábrica de transmissões e três para as áreas de estamparia e componentes de plástico. Os demais 165 empregados permanecem na montagem dos antigos motores 1.0 e 1.4.

Procurada, a assessoria da GM afirmou que não tinha nada a acrescentar às informações publicadas pelo O Vale. Segundo o sindicato, a montadora garantiu que não fechará a fábrica de motores de São José e que não fará demissões em massa, mas não quis assinar acordo ára garantir os empregos.

Além das transferências, o sindicato informou que a GM vai abrir um PDV (Plano de Demissão Voluntária) para horistas e mensalistas de todo o complexo industrial de São José. A proposta, não divulgada pela empresa, pode ser semelhante à oferecida no PDV aberto em agosto aos trabalhadores de São Caetano do Sul (SP). Não são conhecidas as metas da GM para redução do quadro de funcionários.

Em março deste ano a GM anunciou investimento de R$ 10 bilhões em suas duas fábricas paulistas no período 2020-2024. O valor deverá ser dividido entre São Caetano e São José, onde se espera que seja produzida uma nova geração da picape S10.


Fonte: www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade