MEIO FILTRANTE - Conheça a inédita cartilha Boas Práticas em Diversidade no Setor Automotivo
Esta notícia já foi visualizada 631 vezes.



Conheça a inédita cartilha Boas Práticas em Diversidade no Setor Automotivo

Data:4/11/2019

Disponível para download gratuito, publicação tem o apoio da ONU Mulheres e é fruto de cocriação com 30 empresas automotivas

A indústria automotiva passa a contar com uma nova ferramenta para construir um ambiente corporativo mais igualitário e plural: a cartilha Boas Práticas em Diversidade no Setor Automotivo, lançada na sexta-feira, 1º, durante o II Fórum AB Diversidade. A publicação é uma realização de Automotive Business em parceria com a MHD Consultoria e conta com o apoio institucional da ONU Mulheres.

A cartilha traz cerca de 200 sugestões que podem ser adotadas pelas empresas para tornar suas equipes mais diversas e, assim, melhorar o impacto social, o potencial de inovação e a lucratividade dos negócios. Todas as ações indicadas ali foram levantadas ao longo de 2019, como resultado da cocriação feita na Rede AB Diversidade, iniciativa que reúne cerca de 30 empresas automotivas para construir respostas e soluções nesta frente.

As práticas apontadas na publicação estão divididas em cinco eixos: gênero, etnia, pessoa com deficiência, LGBT+ e gerações. Para cada um desses itens, a cartilha mostra diferentes formas de promover a inclusão. Também há indicação de ações transversais para que as organizações desenvolvam uma cultura de acolhimento às diferenças e segurança emocional para seus colaboradores. Entre as propostas apresentadas, destacam-se, por exemplo, a ampliação da licença paternidade e a concessão deste direito aos casais LGBT+.

POR QUE CRIAR UMA CARTILHA EXCLUSIVA PARA O SETOR AUTOMOTIVO?

Se a diversidade é potencialmente benéfica a todas as empresas, por que tratar do tema apenas no setor automotivo? A resposta está no fato de que este é um segmento com desafios particulares, uma indústria passa pela maior ruptura em seus mais de 100 anos de história. Ao mesmo tempo, a mobilidade e a forma como as pessoas se deslocam é o próximo horizonte de transformação da sociedade.

“A diversidade é uma aliada e tanto para que as empresas assumam o protagonismo neste contexto de transformação e consigam entregar resultados mais inovadores”, diz Paula Braga, diretora executiva de Automotive Business e colíder da Rede AB Diversidade.
A pesquisa Diversidade no Setor Automotivo, promovida por Automotive Business em parceria com a MHD Consultoria, mostra que apenas 12% das empresas do setor instaladas no Brasil contam com programas estruturados para a diversidade, enquanto a mais de 50% das organizações ainda estão nos estágios iniciais, desenhando as primeiras ações.

O estudo inédito também mostra que o setor é predominantemente masculino e branco, sobretudo nos cargos mais altos. A participação das mulheres é de apenas 10% na vice-presidência ou presidência das empresas que compõem esta cadeia de valor. Elas também sofrem com a desigualdade salarial, podendo ganhar até 34% menos do que um homem em uma mesma função de liderança.

Outro grupo sub-representado nas empresas é o de pessoas negras, que estão em apenas 4% das posições de diretoria e não têm participação em cargos de vice-presidência e presidência. Apesar de a maioria da população brasileira ser negra ou parda, segundo o IBGE, só 11% do total de trabalhadores da indústria automotiva pertencem a estas etnias.

Diante de tantos desafios e, de oportunidades tão expressivas, a cartilha Boas Práticas em Diversidade no Setor Automotivo se propõe a ajudar as organizações do setor automotivo na jornada de fomentar a diversidade e a inclusão de maneira eficaz. O objetivo é apoiar, guiar e inspirar as empresas para que elas se tornem mais inclusivas, benéficas aos seus colaboradores, à sociedade e, assim, mais inovadoras e lucrativas. Porque tudo caminha lado a lado, em rede.

GIOVANNA RIATO, AB

Fonte: www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade