MEIO FILTRANTE - Retração persiste na Argentina, venda de veículos cai 47% e afeta o Brasil
Esta notícia já foi visualizada 631 vezes.



Retração persiste na Argentina, venda de veículos cai 47% e afeta o Brasil

Data:6/11/2019

Produção e exportação também seguem em queda na comparação entre 2018 e 2019

Continua sofrível o desempenho dos fabricantes de veículos instalados na Argentina, onde persiste a forte retração das vendas de veículos e também da produção e exportações na comparação entre os primeiros 10 meses de 2018 e 2019. O ano tende a fechar com menos de 400 mil veículos vendidos no país, o que afeta diretamente fábricas no Brasil que têm no mercado argentino seu principal destino de exportações. Por causa do tombo no vizinho, a Volkswagen, por exemplo, deve encerrar o terceiro turno de produção em São Bernardo do Campo e suspender o contrato de trabalho (layoff) de 1,4 mil empregados. Outras montadoras também adotam mecanismos para reduzir a produção devido à queda das vendas externas.

De acordo com números divulgados na terça-feira, 5, pela Adefa, a associação dos fabricantes instalados na Argentinam, as vendas no mercado interno das montadoras a seus concessionários de janeiro a outubro somaram 318.423 veículos, o que representa queda de 47% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em outubro isoladamente foram faturados 27.204 unidades, número apenas 1,2% acima do registrado em setembro e quase 27% abaixo de igual mês de 2018.

Com mais dias de atividade nas fábricas, 22 em outubro, a produção no país cresceu 15% em relação a setembro, alcançou 31.834 unidades, mas o número segue 17,7% menor na comparação com o mesmo mês de 2018. No acumulado do ano, foram produzidos 273.164 veículos na Argentina, em retração de um terço (-33,3%) sobre os mesmos 10 meses do ano anterior.

As exportações de veículos argentinos têm desempenho melhor, este ano até outubro somaram 187.362 unidades, representam 68% da produção do país, mas também estão no campo negativo. O volume exportado em 10 meses é 15% menor do que o registrado um ano antes. No último mês foram embarcados ao exterior 19.339 veículos, 10,3% menos do que em setembro e 12,2% abaixo do verificado em outubro de 2018.



REDAÇÃO AB

Fonte: www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade