MEIO FILTRANTE - Ipea projeta inflação de 3,7% para 2020
Esta notícia já foi visualizada 563 vezes.



Ipea projeta inflação de 3,7% para 2020

Data:21/11/2019

Indicador Ipea aponta que, em outubro, o alívio inflacionário foi maior para as famílias de renda mais baixa


O IPCA deve encerrar 2019 em 3,4%, segundo estimativa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgada nesta quinta-feira, 21. Para 2020, com a expectativa de aceleração da atividade econômica, a previsão é de que a inflação seja de 3,7% – abaixo da meta inflacionária de 4% para o próximo ano. Nos últimos 12 meses encerrados em outubro, o IPCA acumulado é de apenas 2,5%, por conta da melhora no comportamento dos preços dos alimentos, da energia elétrica e dos combustíveis.

O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda, divulgado mensalmente pelo Grupo de Conjuntura do instituto, aponta que em outubro a inflação para as famílias de renda mais alta foi de 0,17%, enquanto para as de renda mais baixa ficou em 0,01%. Apesar da desaceleração da inflação das famílias com menor poder aquisitivo, no acumulado de 12 meses a alta de preços para esse grupo foi de 2,67%, acima dos 2,58% registrados entre as famílias mais ricas.

No que diz respeito ao preço dos alimentos, no acumulado em 12 meses até outubro a alta foi de 2,8%, ante variação de 3,8% registrada em setembro. O resultado se deu por conta da desaceleração de alguns itens, como tubérculos, cereais, aves, ovos e panificados. Por conta da expectativa de aumento no consumo das famílias, a inflação dos alimentos no domicílio deve encerrar 2019 em 2,9% e chegar a 4,1% em 2020.

A previsão é de que a inflação dos bens livres (exceto alimentos) seja de 1,8% neste ano e 2,1% em 2020. Para os serviços educacionais, a projeção é de alta de 4,9% até o final deste ano e de 5,1% no ano que vem. Os demais serviços livres devem subir 2,8% em 2019 e 3,1% no próximo ano. Já os preços administrados devem encerrar 2019 com variação de 5,4%. Para 2020, a expectativa é de 5,5%. 

O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda é calculado com base nas variações de preços de bens e serviços disponibilizados pelo Sistema Nacional de Índice de Preços ao Consumidor (SNIPC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).



Fonte: http://www.ipea.gov.br

Comentários desta notícia

Publicidade