MEIO FILTRANTE - DuPont muda estratégia de negócios de EPIs no Brasil
Esta notícia já foi visualizada 734 vezes.



DuPont muda estratégia de negócios de EPIs no Brasil

Data:28/11/2019

Reformulação prevê abordagem focada nas necessidades de cada segmento industrial; proposta segue novo direcionamento global da empresa na busca de aproximação com o usuário final dos equipamentos de proteção 

Mensagem e ação focadas na proteção ideal dos trabalhadores de acordo com as especificidades de cada segmento industrial. Essa é a nova estratégia da área de segurança e construção da DuPont, globalmente chamada de Safety & Construction (S&C), que contempla a plataforma de soluções para segurança do trabalho, ou DuPont Personal Protection. 

A mudança vem no esteio de uma nova fase na história da DuPont, com a segregação da antiga holding DowDuPont em três empresas independentes. Esta nova DuPont está estruturada para atender as necessidades do usuário final, com uma tomada de decisão mais ágil, o que vem ao encontro das necessidades do país. 

O portfólio de proteção pessoal da DuPont está focado em trazer soluções simplificadas para os gerentes de segurança. Um exemplo bastante atual é o portfólio global de Nomex®, que atende às necessidades dos usuários de equipamentos de proteção individual industrial (EPI). Hoje, os produtos têm certificações com padrão global, simplificando o processo de especificação e compra de EPIs. 

"Se antes apresentávamos nosso portfólio de uma forma mais geral para a indústria, agora vamos apontar tecnologias focadas nos riscos de cada segmento industrial", afirma Matheus Barbosa, gerente de marketing da DuPont Personal Protection para a América Latina. O novo site de DuPont ™ Nomex ® explica a utilização do material em diversos segmentos. "Nossa ideia é falar a língua de cada vertical de indústria, porque o cotidiano desses trabalhadores é diferente e exige soluções específicas de segurança". 

Como exemplo, Barbosa cita que o trabalhador de uma plataforma de petróleo enfrenta riscos diferentes de um funcionário de uma hidrelétrica. "O primeiro precisa prioritariamente de EPIs voltados às proteções térmica e química. O segundo, de vestimentas que garantam segurança primordial contra arco elétrico", afirma. 

A DuPont Personal Protection torna mais fácil o processo de especificação de peças de vestuário para os gerentes de segurança, porque foram certificadas nas regiões do mundo em que operam. A DuPont continua a desenvolver insights profundos sobre os clientes nos setores de Óleo e Gás, Utilitários e Manufatura para fornecer soluções personalizadas, trazendo a ciência para a força de trabalho global de hoje. 

Segundo o Observatório de Segurança e Saúde do Trabalho, plataforma viabilizada pelo Ministério Público do Trabalho e OIT Brasil, de 2012 a 2018 o número de acidentes de trabalhadores com carteira assinada foi superior a 4,5 milhões. Desses, mais de 17.700 foram fatais. Nesse período, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) gastou mais de R$ 85,2 bilhões com afastamentos acidentários. 

A nova estratégia envolve uma série de outras ações, como treinamento de equipes específicas, reformulação de plataformas digitais (como o DuPont ™ SafeSPEC ™ ) e mudanças no portfólio da empresa. Para Barbosa, a nova abordagem também permitirá maior proximidade e agilidade no recebimento de insights de clientes, garantindo soluções cada vez melhores e mais personalizadas. 



Fonte: Assessoria de imprensa

Comentários desta notícia

Publicidade