MEIO FILTRANTE - FCA comemora desempenho de 2019 apesar de vendas e lucro menores
Esta notícia já foi visualizada 187 vezes.



FCA comemora desempenho de 2019 apesar de vendas e lucro menores

Data:10/2/2020

Em balanço global, grupo destaca bons resultados nas Américas do Norte e Latina

REDAÇÃO AB
 
 
O Grupo FCA Fiat Chrysler reportou vendas e lucro menores em 2019, apesar de destacar bons resultados nas Américas do Norte e Latina. Em seu balanço financeiro global referente aos resultados obtidos em 2019, a companhia informa que suas vendas globais somaram 4,42 milhões de unidades, representando queda de 9% sobre o volume do ano anterior. Com isso, a receita diminuiu 2% ao atingir € 108,1 bilhões, enquanto o Ebit (lucro antes de impostos) reduziu 1%, para € 6,7 bilhões. O lucro líquido ajustado ficou em € 4,3 bilhões, redução de 8,5% sobre os € 4,7 bi de um ano antes.


 Na América do Norte, apesar da queda de 9% das vendas na região, para 2,4 milhões de unidades, o grupo reportou receita líquida estável, com o mix de modelos e câmbio favorável compensando os volumes mais baixos.

Já na América Latina, a Fiat Chrysler registrou os melhores resultados por região, perdendo apenas para o desempenho da América do Norte. Por aqui, a companhia vendeu 577 mil veículos em 2019, queda de 8% sobre o ano anterior. O destaque fica por conta do Brasil, cujas vendas compensaram a retração abrupta da Argentina e também de outros mercados. Na região, a receita líquida aumentou 4%, para € 8,4 bi, enquanto o Ebit ajustado aumentou em 40% ao atingir € 501 milhões e margem de 5,9%.

“O ano passado foi um ano histórico para a FCA. Continuamos a agregar valor para nossos acionistas e adotamos ações para prosperar no futuro, fortalecendo substancialmente nossa posição financeira, comprometendo-nos com os principais investimentos em produtos e firmando um acordo de combinação com a PSA”, destacou o CEO da FCA, Mike Manley.

No balanço, a empresa indica que a fusão com a PSA ganhará forma até o fim deste ano ou até o início de 2021. O relatório também destaca a projeção de forte desempenho em 2020, com EBIT ajustado superior a € 7 bilhões.



Fonte: http://www.automotivebusiness.com.br

Comentários desta notícia

Publicidade