MEIO FILTRANTE - Aquisição de veículos de coleta seletiva será facilitada
Esta notícia já foi visualizada 232 vezes.



Aquisição de veículos de coleta seletiva será facilitada

Data:19/3/2020

O valor proveniente do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop) será destinado a aquisição de 50 veículos a fim de aprimorar o tratamento e destinação dos materiais recicláveis.

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, liberou R$ 4,7 milhões para aquisição de veículos de coleta seletiva em municípios com menos de 25 mil habitantes. O montante será destinado às Prefeituras que protocolaram a manifestação de interesse no Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop) até outubro de 2019. Para continuidade do processo, as cidades contempladas devem assinar os contratos que estão sendo encaminhados a partir desta terça-feira (17) para os municípios sedes de cada Comitê de Bacia Hidrográfica.

O Fecop recebeu a inscrição de 61 municípios, dos quais 50 preencheram os requisitos com a documentação solicitada e poderão realizar o processo para aquisição do veículo de modelo HR da Hyndai conforme ATA de registro de preços realizada pela SIMA. O automóvel será um aliado na coleta seletiva e destinação adequada dos resíduos como: plástico, papeis, vidros, metais, entre outros, prolongando a vida dos aterros.

“Esta ação vai ao encontro dos temas prioritários desta secretaria que é o apoio aos munícipios, especialmente os pequenos, e a correta destinação dos resíduos sólidos. Fortalecer ações de reciclagem, além de gerar renda, retira dos aterros materiais que seriam descartados de forma incorreta.”

Sobre o FECOP

O Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop) é um instrumento financeiro voltado ao apoio e execução de projetos relacionados ao controle, à preservação e à melhoria das condições do meio ambiente no Estado, especialmente com relação aos sistemas de gestão de resíduos sólidos municipais em atendimento ao proposto no Plano de Resíduos Sólidos do Estado. O Fecop conta com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) como agente técnico na avaliação dos projetos.

Confirma as cidades contempladas

Adolfo, Águas da Prata, Alto Alegre, Areias, Bilac, Boraceia, Borebi, Cardoso, Catiguá, Cruzália, Divinolândia, Elisário, Euclides da Cunha Paulista, Florínea, Herculândia, Icém, Itirapina, Joanópolis, Juquiá, Mendonça, Mirante do Paranapanema, Ocauçu, Parapuã, Paulistânia, Paulo de Faria, Pedranopolis, Planalto, Poloni, Pracinha, Pradópolis, Presidente Bernardes, Rafard, Ribeirão do Índios, Sales, Salesopólis, Santa Adélia, Santa Ernestina, Santana da Ponte Pensa, Santo Antônio da Alegria, Santo Antônio do Aracanguá, Santópolis do Aguapeí, São Francisco, São João do Pau D’Alho, São Sebastião da Grama, Sarapuí, Sud Mennucci, Tupi Paulista, Ubirajara, Valentim Gentil e Viradouro.


Fonte:  www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br

Comentários desta notícia

Publicidade