MEIO FILTRANTE - Montadoras começam a promover ações junto com força-tarefa do governo
Esta notícia já foi visualizada 142 vezes.



Montadoras começam a promover ações junto com força-tarefa do governo

Data:26/3/2020

REDAÇÃO AB
 
O ministério da Economia, em parceria com o Senai, a Associação Brasileira de Engenharia Clínica (Abeclin) e algumas montadoras, vai criar uma força-tarefa com o objetivo de reparar todos os aparelhos de respiração auxiliar inoperantes no País. O equipamento é fundamental no tratamento de pacientes graves infectados com o novo coronavírus. A General Motors do Brasil vai liderar esse movimento, que será coordenado por Carlos Sakuramoto, gerente de inovação da empresa.


 “Neste momento, em paralelo ao levantamento que está sendo feito do número, localização e modelo dos equipamentos parados, estamos treinando virtualmente nosso corpo técnico voluntário e preparando salas nas operações da GM no Brasil para realizarmos os reparos na semana que vem”, explicou Sakuramoto. De acordo com a montadora, foram encontrados mais de 3 mil aparelhos que não estão em operação pelo País, mas esse número pode ser maior.

A meta é reparar todos os respiradores, fornecendo a logística para buscar os aparelhos nos hospitais, encaminhá-los até a fábrica mais próxima, consertá-los (contando com a mão de obra técnica voluntária treinada pelo Senai) e depois devolver o aparelho, em perfeito estado, para o hospital de origem para ser usado por pacientes graves da Covid-19. “Colocamos a nossa expertise, instalações e força de trabalho voluntário técnico à disposição das autoridades, este é o momento de usarmos todas as armas que temos contra esse vírus e a GM fará tudo o que está ao seu alcance para ajudar o Brasil e o mundo a passarem por esse momento difícil”, declarou Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul.

VW DOA 2 MIL MÁSCARAS


Depois de anunciar que vai emprestar 100 veículos para ajudar a combater o avanço da Covid-19, a Volkswagen do Brasil comunicou que está doando duas mil máscaras de proteção facial para as administrações das quatro cidades onde possui fábrica: São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP), São Carlos (SP) e São José dos Pinhais (PR). O equipamento faz parte do estoque da montadora e normalmente é usado pelos funcionários na linha de produção.



Fonte: Automotive Business

Comentários desta notícia

Publicidade