MEIO FILTRANTE - De borracha, termoplástica ou híbrida: qual a melhor mangueira?
Esta notícia já foi visualizada 154 vezes.



De borracha, termoplástica ou híbrida: qual a melhor mangueira?

Data:26/3/2020

Conheça três alternativas para aplicações de baixa pressão com a tecnologia push-on/push-lok

Selecionar uma mangueira industrial de baixa pressão quase sempre significa ter que escolher entre dois materiais: borracha ou termoplástico. Cada um deles oferece vantagens distintas; logo, a escolha de uma mangueira formada por material híbrido pode unir todos os benefícios dos dois materiais em um único componente.

Utilizadas em uma ampla variedade de máquinas e equipamentos industriais, as mangueiras de baixa pressão servem para o transporte de diversos fluidos (ar comprimido, água, óleo, vácuo, etc.). Assim, essas mangueiras devem apresentar cores distintas para auxiliar os usuários a identificar mais facilmente qual é o fluido dentro do equipamento. 

Entre os fatores decisivos para a correta seleção da mangueira estão a facilidade e a rapidez de sua instalação: é fundamental buscar praticidade nas operações de montagem para reduzir o tempo de inatividade de máquinas.

De borracha, termoplástica ou híbrida: qual a melhor mangueira? - Conector Push-Lok Parker - Parker Brasil - Fluid ConnectorsEmpurra-e-trava 
As mangueiras conhecidas como push-on/push-lok são extremamente fáceis de montar. Basta empurrar a mangueira contra o terminal espigão e a conexão estará pronta – o conector não vai mais se soltar. 

Tudo isso é possível devido ao exclusivo sistema de mangueiras e conexões Push-Lok®, desenvolvido pela Parker. Essa tecnologia dispensa o uso de braçadeiras e ferramentas especiais durante a instalação, acelerando e simplificando o processo de montagem.

Mangueiras de borracha de baixa pressão
As mangueiras de borracha requerem pouca força para a inserção do conector (niple), permitindo que o usuário faça a instalação nas máquinas em campo, economizando tempo e dinheiro.

Este tipo de mangueira também é altamente flexível. O composto de borracha faz com que ela seja bem dúctil, diminuindo o esforço necessário para posicioná-la.  Esse recurso é muito importante em aplicações como em robôs industriais, nas quais a flexibilidade da mangueira é exigida ao máximo.

Para concluir, vale lembrar que as mangueiras de borracha suportam altas temperaturas. A forte aderência entre sua camada interna e o contorno do conector é mantida mesmo em ambientes sujeitos a amplas variações de temperatura (de -40°C até 100°C).

De borracha, termoplástica ou híbrida: qual a melhor mangueira? - Mangueiras Parker Push-Lok - Parker Brasil - Fluid ConnectorsMangueiras termoplásticas de baixa pressão
Por sua vez, as mangueiras termoplásticas exigem maior força para a inserção do conector e são menos flexíveis quando comparadas às mangueiras de borracha, mas oferecem elevada resistência ao ozônio. Esta propriedade garante maior vida útil às mangueiras submetidas a condições severas de uso sujeitas às intempéries (como por exemplo em empilhadeiras) e também para aquelas aplicadas em ambientes internos com elevada presença de ozônio. 

O material de poliuretano usado também permite a oferta de mangueiras de cores vivas com uma superfície lisa.

Mangueiras híbridas de baixa pressão
As mangueiras híbridas, que combinam tubo interno de borracha sintética e cobertura de poliuretano, foram projetadas para reunir as vantagens de ambos os materiais em um único item. 

As mangueiras híbridas apresentam facilidade de inserção do conector e flexibilidade comparáveis às das mangueiras de borracha, enquanto sua resistência ao ozônio é igual à das mangueiras termoplásticas. Porém, é nos quesitos de resistência à abrasão e resistência à torção que as mangueiras híbridas superam todas as outras.

A extrema resistência dessas mangueiras faz delas a escolha ideal para as aplicações de alta severidade, como sistemas de correntes de energia em máquinas-ferramenta, injetoras de plástico e robôs industriais. Sua excepcional resistência à torção (mais de um milhão de ciclos comprovados em testes de bancada) garante longa vida útil mesmo quando empregadas nas aplicações que envolvem movimentos múltiplos (como robôs de solda na indústria automobilística, por exemplo).

De borracha, termoplástica ou híbrida: qual a melhor mangueira? - Mangueiras de baixa pressão devem apresentar cores distintas - Parker Brasil - Fluid ConnectorsCódigo de cores
As mangueiras híbridas suportam temperaturas extremas e também oferecem acabamento externo com superfície macia em várias cores. Esse inovador código de cores foi desenvolvido para facilitar a manutenção e o estoque, permitindo maior eficiência na identificação das mangueiras instaladas. 

Benefícios como esses comprovaram que a Mangueira Híbrida Push-Lok 837-PU da Parker é a solução ideal para uma ampla gama de mercados. Algumas das principais montadoras de automóveis do mundo, por exemplo, estão entre as empresas que já especificaram esse modelo de mangueira para suas linhas de produção.

Para saber mais sobre mangueiras industriais, ligue (11) 4360-6700 ou acesse o website da Parker Brasil.


Fonte: Parker Brasil

Comentários desta notícia

Publicidade